politica

segunda-feira, 22 de setembro de 2014 15:22

Quijingue – Otto disse que vai destituir comissão provisória do PSD por que não vota em Rui Costa (PT)

O PSD de Otto já é aliado do PT no estado da Bahia e no Brasil, mas no município de Quijingue estava dividido.

Otto ao lado de Nininho e

Otto ao lado de Nininho e seu irmão Washington.

O presidente do PSD na Bahia, vice-governador e candidato ao Senado, Otto Alencar, disse que irá destituir a comissão provisória da legenda em Quijingue, município localizado no território do sisal. A afirmação foi no início da noite de domingo (22) durante a realização de um comício da coligação “Pra Bahia Mudar Mais”, na cidade.

O PSD local é presidido pelo ex-vereador Valdomiro Cavalcante de Matos e estão filiadas as principais lideranças políticas do município, a exemplo do ex-prefeito Joaquim Manoel e de Welington Cavalcante de Gois, candidato a prefeito em 2012 pela legenda e obteve 7.709 votos, equivalente a 48,31% dos votos válidos. Foram eleitos pela legenda os vereadores Clovis Cavalcante da Silva, Edvando dos Santos Moura, Expedito Souza de Santana, porém, Clovis e Expedito são os únicos que se mantém na sigla.

Nininho e outras lideranças estiveram recentemente no PMDB em Salvador e declarou apoio a Geddel e Paulo Souto.

Nininho e outras lideranças estiveram recentemente no PMDB em Salvador e declarou apoio a Geddel e Paulo Souto.

Nininho Góis, como é conhecido o empresário que disputou a eleição em 2012 para prefeito, disse ao CN que Otto Alencar foi infeliz com suas colocações e não mudou muito em relação ao que ele pensava, pois, sua ideia era mesmo sair do partido e há uma rejeição muito grande dos seus correligionários com o PT, partido que derrotou o PSD. “Otto não fez nada como vice-governador, enfim, não muda muito a decisão dele e estamos trabalhando para vencer a eleição de 2016, mesmo, conforme ele disse, no palanque da oposição”, desabafou.

“Se alguém perdeu com seu discurso ontem, esse alguém foi ele. Tínhamos alguns correligionários, a exemplo de Valdomiro, presidente do partido, que vinha defendendo seu nome e até intencionava votar e muitos deles já conversaram comigo sua mudança de opinião. A mim nada afetou, pois já não ia votar nele”, concluiu.

O PSD já é governo na Bahia e no Brasil não estava sendo em Quijingue. Agora, deve ir para as mãos dos aliados locais.

O PSD já é governo na Bahia e no Brasil não estava sendo 100% em Quijingue. Agora, deve ir para as mãos dos aliados locais.

Para o agricultor João Pedro Alves, residente na zona rural da comunidade do Junco, presente no evento, o grande prejudicado é o candidato a deputado federal José Nunes. “Seu João Pedro”, como é chamado, estava ao lado do CN no momento em que Otto comunicava sua decisão e de imediato ele reagiu dizendo que Zé Nunes ia perder muito no município por conta desta fala de Otto, a exemplo dele, que historicamente acompanha a orientação política do ex-prefeito Joaquim Manoel.

Otto Alencar justificou sua decisão pela postura do partido no município que acompanha Paulo Souto para governador e ele quer fidelidade, portanto o PSD tem que acompanhar a decisão do diretório estadual. Ele finalizou dizendo que os nomes que irão compor o novo diretório será indicado pelo prefeito Almiro Costa Abreu Filho, “Almirinho “, do PT.

Redação CN * fotos: Raimundo Mascarenhas e ASCOM PMDB



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.