bahia

segunda-feira, 15 de setembro de 2014 17:21

Rui Costa diz que rejeição tem a ver com desconhecimento

Rui Costa (PT) enfatizou as propostas de criação de mais de 150 mil vagas de ensino profissionalizante, da escola em tempo integral e de fortalecimento das corregedorias das polícias Civil e Militar.

Rui Costa (PT)

Rui Costa (PT)

Na abertura da série de entrevistas do Bahia Meio Dia (TV Bahia) nesta segunda-feira (15), o candidato ao governo da Bahia Rui Costa (PT) comentou o resultado da última pesquisa Ibope, na qual aparece com 24% das intenções de votos. “Até o dia 5 de outubro a vontade das ruas será ouvida nas pesquisas”, afirmou.

Em seguida, o candidato foi questionado sobre o índice de rejeição de quase 20% apontado pela mesma pesquisa, divulgada na última quarta-feira (10). “Acredito que tenha a ver com o desconhecimento. Eu nunca disputei a eleição para governador ou prefeito”, avaliou.

Rui Costa (PT) enfatizou as propostas de criação de mais de 150 mil vagas de ensino profissionalizante, da escola em tempo integral e de fortalecimento das corregedorias das polícias Civil e Militar. “Não tem justificativa a forma como a polícia tem agido […] Eu quero que as pessoas não tenham medo da polícia. O fortalecimento das corregedorias vai fazer com que se separe o joio do trigo”.

Sobre segurança pública, o candidato comentou ainda os ataques a bancos de diversas cidades do interior da Bahia. De acordo com ele, essa situação não é algo isolado, mas recorrente em todos os estados brasileiros. “Primeiro, devemos aumentar o rigor do controle dos explosivos, o que é uma atribuição da Polícia Federal e do Exército, depois, aumentar o monitoramento das praças para não permitir que bandidos atuem tão facilmente”, argumentou.

Na terça-feira (16), o entrevistado do Bahia Meio Dia será o candidato Paulo Souto (DEM).

Redação: CN*Informação: Correio



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.