politica

sábado, 06 de setembro de 2014 10:21

Soldado Prisco é o único candidato que não poderá votar em si mesmo

Depois de liberado da prisão ficou impossibilitado de sair de casa depois das 20 horas, nos finais de semanas e feriados.

Se depender de um foto para se eleger a frustração deve ser muito grande.

Se depender de um foto para se eleger a frustração deve ser muito grande.

O soldado Prisco é o único candidato em solo nacional que concorre a um cargo público e não poderá votar em si mesmo. Isso porque as restrições impostas pela Justiça, desde as mobilizações que buscavam melhores condições de trabalho para os policiais militares em 2014, o impossibilita de sair de casa depois das 20 horas, nos finais de semanas e feriados.

“Como as eleições ocorrem num domingo, Prisco, mesmo candidato a cargo público, não poderá votar em si. Até os presos provisórios podem exercer o direito constitucional de voto”, reclamou a advogada do candidato, Marcelle Maron.

Conforme explica a advogada, mesmo após os argumentos que embasaram o pedido de prisão de Prisco por 60 dias ter caído por terra (manuntenção da ordem pública durante a Copa do mundo no Brasil), o procurador-geral da república, Rodrigo Janot, continua a pedir a prisão do candidato.

“Não existe mais qualquer motivo para prisão. Como não se bastassem as restrições, querem que Prisco concorra ao cargo público atrás das grades? Não faz sentindo!”, reclamou a advogada.

Informações: Assessoria



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.