politica

terça-feira, 30 de setembro de 2014 18:10

Souto e Rui empatados, segundo BAPESP; Rui passa do candidato do DEM quando é citado apoios

No próximo dia 5 será "tirada a teima" quem apresentou os números verdadeiros BABESP chamada pela oposição de Datanilo (acusada de favorecer a Rui) e IBOPE que o candidato Rui denominou recentemente de Dataneto (encomendada por ACM Neto para favorecer a Paulo Souto).

Lídice teve nova queda nas intenções de votos.

Lídice teve nova queda nas intenções de votos.

Os novos números da pesquisa Babesp – Bahia, Pesquisa e Estatística, encomendada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), mostram que o candidato Rui Costa (PT) reduziu à menos de 1% a distância entre ele e o candidato Paulo Souto (DEM), até então muito à frente dos adversários na corrida pelo governo da Bahia. Segundo os dados do levantamento, Souto segue na liderança, com 35,05%, enquanto Costa aparece com 34,15% das intenções de voto.

A pesquisa estimulada traz ainda a candidata do PSB, Lídice da Mata, com 6,16%, seguida, de longe, por Renata Mallet (PSTU), com 0,55%, Da Luz (PRTB), 0,5%, e Marcos Mendes (PSOL), 0,35%. Brancos e nulos somaram 8,71% e 14,52% não souberam responder à pesquisa.

O cenário com apoios, no entanto, muda a configuração do pleito na Bahia. Aliado às figuras petistas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da presidente Dilma Rousseff e do governador Jaques Wagner, Rui Costa salta para 37,76% das intenções de voto, ultrapassando Souto, que citado com ACM Neto (DEM) e Aécio Neves (PSDB), fica com 32,65%. Lídice mantém percentual semelhante ao ser aliado com Marina Silva (PSB), 6,76%, Renata Mallet com 0,4% (associada à Zé Maria), Da Luz 0,35% (associado à Levy Fidelix) e Marcos Mendes 0,25% (associado à Luciana Genro). No cenário com apoios 9,01% votariam nulo ou branco e 12,77% dos entrevistados não souberam.

O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima é de 2,2% para mais ou para menos sobre os resultados encontrados. A pesquisa ouviu 2 mil pessoas entre os dias 24 e 29 de setembro em 85 municípios do estado. O protocolo de registro é de nº BA-00028/2014.

Ninguém leva à sério’, afirma Souto sobre números da pesquisa Babesp

O candidato do DEM, Paulo Souto, preferiu não comentar os números da pesquisa Babesp, divulgados na madrugada desta terça-feira (30). Babesp, definitivamente, é uma coisa que ninguém leva a sério”, afirmou o postulante ao governo do estado das oposições. Segundo ele, as referências dos últimos levantamentos, que trazem a ascensão do adversário Rui Costa (PT) e ligeiras quedas das próprias intenções de voto, não mudam a estratégia adotada pelo grupo oposicionista ao governo de Jaques Wagner.

“Nós estamos mantendo uma posição, que é consolidada, desde a pré-campanha até agora. Não conheço outra pesquisa séria que apresente algo diferente”, apontou Souto. Sobre a participação dele no debate do projeto Vota Bahia, na TV Aratu, o ex-governador reclamou de ataques direcionados a ele durante o penúltimo encontro entre os candidatos. “Foi nítida a combinação dos demais candidatos em relação aos ataques a minha pessoa. Ou seja, foi um debate de um contra quatro, mas, enfim, é a regra do jogo”, sugeriu.

Liderando as pesquisas pela primeira vez – ainda que com apoios -, o candidato do PT, Rui Costa, ironizou as declarações do adversário Paulo Souto (DEM) sobre os números da pesquisa Bapesp. “Ele referencia e diz que é verdadeiro o instituto contratado pela empresa do DEM, que é o Correio da Família, que contrata a pesquisa, e para ele essa pesquisa é verdadeira. E a outra é falsa. Eu acho justamente o inverso”, rebate o petista.

Segundo ele, o Ibope, contratado pela Rede Bahia, “Ibope está correndo atrás da pesquisa de Marcelo”. “Eu acho que o Correio da Família não tem credibilidade para contratar pesquisa e acho que pesquisa de Marcelo é feita corretamente. Toda vez que Marcelo bota um número, ele vai lá e bota o mesmo número que Marcelo botou”, avaliou Rui. Para ele, os números apresentados pela Bapesp, no entanto, não refletem a realidade. “Eu acho que está até mais. Eu tenho confiança que nós vamos ganhar no dia 5”, revelou o candidato do PT. Ele, todavia, evitou entrar na discussão de que os candidatos teriam combinado atacar apenas Souto no debate do projeto Vota Bahia, na TV Aratu.

“As perguntas para os outros candidatos foram mais difíceis do que as feitas para ele. Acho que foi de igual para igual”, apontou o petista.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.