bahia

quinta-feira, 11 de setembro de 2014 17:39

Tempo de voo entre Feira de Santana e Salvador será de 20 minutos

Feira ainda terá rota para Belo Horizonte, com conexão em Vitória da Conquista aos domingos.

azul voe

A Azul Linhas Aéreas lançou, ontem, dois voos a partir de aeroportos baianos – um que vai fazer a ligação entre Feira de Santana e Salvador e o outro, entre Teixeira de Freitas e Belo Horizonte (MG). O início da operação comercial dos dois voos está previsto para o dia 29, quando será possível embarcar a partir das duas cidades baianas para mais de 50 destinos no país operados pela companhia aérea.

O custo das passagens ainda não está definido, afirmou o diretor de relações institucionais da Azul, Ronaldo Veras. “Os valores vão seguir a política de preços acessíveis da empresa. Mas não podemos divulgá-los até que tenhamos a autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil)”, disse.

De acordo com a Anac, os pedidos de autorizações foram solicitados, no início deste mês, e devem ser respondidos até o dia 29. O roteiro entre Feira de Santana e Salvador está previsto para acontecer às terças e quintas-feiras e Teixeira de Freitas será operado às segundas, quartas e sextas-feiras.

Feira ainda terá rota para Belo Horizonte, com conexão em Vitória da Conquista aos domingos. As cidades de Feira e Teixeira de Freitas vão se somar a outras oito que já têm voos regulares da companhia aérea. São elas: Valença, Porto Seguro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Lençóis, Barreiras, Paulo Afonso e Salvador. A Bahia é o terceiro estado brasileiro no número de destinos da Azul e, segundo Veras, o interesse da companhia é de ampliar a cobertura em breve.

“Nossos voos aqui têm uma taxa de ocupação acima de 80%. A Azul tem planos de ampliar a cobertura no território nacional, só dependemos das condições adequadas para isso”, falou. Segundo ele, a empresa avalia a possibilidade de ampliar a presença em Feira de Santana.

“Nós acreditamos que Feira tem potencial para ser aqui o que Campinas é para São Paulo”, afirmou. O governador Jaques Wagner destacou o estímulo que o voo para Teixeira de Freitas, no Extremo Sul, representa tanto para as empresas instaladas na região, quanto para o turismo.

O Extremo Sul reúne diversas indústrias produtoras de celulose. Para o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens na Bahia, José Alves, o roteiro pode impulsionar o turismo na região. “Daqui (Teixeira de Freitas) para Prado, a distância é de 70 quilômetros”, disse.

Informações * Correio



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.