esporte

domingo, 22 de fevereiro de 2015 19:05

Márcio Greyck “fecha o gol” e garante a vitória do Jacuipense de virada sobre o Bahia

A principal foi de um chute forte de Maxi Biancucchi da entrada da pequena área.

Ao ser entrevistado pela TV Bahia, Greyck não deixou de citar as cidades de Riachão, Coité e Pé de Serra.

Ao ser entrevistado pela TV Bahia, Greyck não deixou de citar as cidades de Riachão, Coité e Pé de Serra.

O goleiro Márcio Greyck recordista em titulo do campeonato intermunicipal de seleções, considerado a maior competição amador do mundo, promovido pelo Federação Baiana de Futebol – FBF, tendo conquistado sete títulos consecutivos do torneio, quatro por Coité, duas por São Francisco do Conde e uma por Serrinha, mudou de categoria a dois anos, quando assinou com o Esporte Clube Jacuipense, conhecido Leão do Sisal para disputar competições profissionais, e neste domingo, 22, jogando em Pituaçu, mando de campo do Jacuipense contra o Bahia com pelo menos três grandes defesas, garantiu a vitória de virada por 2 a 1.

Greyck que sofreu o gol de penalti na primeira etapa,  impediu que Kieza marcasse o segundo gol do Bahia quando o atacante bateu com muita consciência a meia altura no canto esquerdo, e ele teve a felicidade de fazer a defesa desviando a trajetória da bola com as pontas dos dedos. Outras duas defesas importantes já foram no segundo tempo, quando a equipe de Riachão do Jacuípe vencia por 2 a 1 de virada, gols de Nadson e Bruno. Também de ponta de dedo evitou o empate com a cabeçada do atacante Leo Gamalho e no fim um chute a queima roupa de Maxi Biancucchi.

O goleiro que é natural de Pé de Serra teve ainda que cumprir um papel fundamental de acalmar a equipe e segurar a bola, depois que teve um jogador de defesa expulso, quando faltavam cerca de 20 min para terminar o jogo,  inclusive chegou a levar um cartão amarelo por cair no gramado alegando dores.

Com o resultado o Leão do Sisal chegou a 4 pontos em três jogos, pelo grupo 2 ficando em 4º, enquanto o Bahia também ficou em 4º com 3 pontos, pelo Grupo 1.

O próximo jogo do Leão será no estádio onde Márcio Greyck já ergueu o troféu de campeão por Coité, o Antônio Carlos Magalhães, em Porto Seguro, quando enfrenta na quarta-feira,25,  o Serrano de Vitória do Conquista, que tem como mando de campo. O Bahia vai tentar reabilitação jogando na Arena Fonte  Nova contra a Catuense.

Redação CN / foto: Reprodução TV Bahia

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.