conceicao-do-coite

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 10:47

Prefeito entrega escola ampliada e reformada na região de Salgadália/Coité. Entenda o porquê do fechamento de escolas

Toda rede municipal iniciou ás aulas nesta quinta-feira (19)

escola de vargem grande - 1 - foto Raimundo Mascarenhas

Com investimento na ordem de R$ 179.593,44,uma parceria do Governo Federal e Prefeitura Municipal, o prefeito Francisco de Assis ao lado da secretária Perpétua Sampaio e do deputado Alex da Piatã,fez entrega no inicio da noite de quarta-feira (18) da Escola Vasco da Gama,na Comunidade de Vargem Grande, região do Distrito de Salgadália, cuja unidade de ensino foi reformada e ampliada.

escola de vargem grande - 3 - foto Raimundo Mascarenhas

A escola apresenta indicativos que irá melhorar o ensino de 250 alunos que vivem na zona rural, distante 09 km da sede do Distrito de Salgadália. A escola funcionava em um pequeno espaço que não ofertava segurança e conforto aos alunos da localidade e com a reforma e ampliação os alunos têm mais conforto e espaço para desenvolverem novos projetos.Além de Vargem Grande, a nova escola beneficiará as comunidades de Claros (10 km), Macambira (09 km), Fortaleza (06 km), Ipiranga (05 km), Serra Vermelha (04 km) e Lagoa Seca, 03 km de distância.

Alexnaldo ao lado do direito do prefeito Assis.

Alexnaldo ao lado do direito do prefeito Assis.

Segundo o diretor Alexnaldo Moura de Matos, a escola funcionará os três turnos e atenderá aos alunos do maternal ao 5º anos e os mesmos serão transportados em veículos de boa qualidade contratados pela Prefeitura após passar por inspeção.

escola de vargem grande -8- foto Raimundo Mascarenhas

O prefeito convidou as moradoras da comunidade, Maria de Lima Mota e Vanildes, para descerrar a placa de inauguração

Os discursos foram voltados para a questão do fechamento de escolas na zona rural, pois segundo a secretária de Educação, a professora Perpétua Sampaio, ficou inviável manter unidades abertas com pequena quantidade de aluno e essa quantidade mínima não estava oferecendo qualidade no ensino, pois estudavam numa mesma sala alunos da várias faixas etárias e séries diferentes.

Perpétua garante que os resultados positivos do fechamento de escolas e a colocação de alunos nas mesmas séries e faixas etárias agradam os pais.

Perpétua garante que os resultados positivos do fechamento de escolas e a colocação de alunos nas mesmas séries e faixas etárias agradam os pais.

De acordo com a secretaria a faixa de natalidade caiu muito e os municípios não se adequaram a isso,”permitiram que a rede continuasse grande,com número reduzido de alunos, e funcionando de forma bastante pulverizada,então você tem um custo alto com baixo eficiência” justificou a secretária que garantiu que logo que assumiu a secretaria identificou após aplicar as primeiras provinhas de leitura e matemática os meninos de 3º e 4º ano não estavam bem alfabetizados, no fundamental II, havia um grande número de aluno em defasagem em idade e série, ou seja, alunos com idade muito avançada para a série que estava, chegando em escola e encontrar em 80% em defasagem.

Perpétua Sampaio disse que esse resultado negativo foi em consequência de os alunos chegarem ao fundamental II da classe multiseriada, (várias séries e idades juntas numa mesma sala) assim não se preparavam de forma adequada e a consequência disso foi muita reprovação que também provocou a desistência de muitos alunos que se sentiram incapazes de enfrentar o ginásio.

Assis disse que não basta ir a escola, é preciso que se aprenda.

Assis disse que não basta ir a escola, é preciso que se aprenda.

O prefeito Francisco de Assis (PT) iniciou seu discurso falando da importância do estudo, segundo ele estudar e aprender será uma questão de sobrevivência, diferentemente de décadas passadas, como foi o caso de seus pais, que não foram a escola e mesmo assim criaram filhos dignamente. O prefeito citou as localidades onde tiveram escolas fechadas e garantiu que não agiu com maldade, “não fizemos isso porque a gente não goste das pessoas das comunidades citadas, muito pelo contrário, a escola que foi desativada vai continua servindo a comunidade como sede de uma associação, a um grupo de produção, a um movimento religioso, mas precisamos deixar claro que a desativação, porque naquela comunidade não há crianças suficientes e não podemos mais permitir que no século vinte um, na era da informação, misturar um menino de três anos, com um de nove, outro de quatorze, de dezesseis, junto com um do maternal, onde um professor mantém um esforço descomunal mas não consegue fazer que todos aprendam o suficiente para ocupar um lugar de destaque na sociedade”, falou Assis.

Alex lembrou que em campanha Assis e ele falavam da prioridade que dariam a educação e isto está acontecendo.

Alex lembrou que em campanha Assis e ele falavam da prioridade que dariam a educação e isto está acontecendo.

O deputado Alex Lopes (PMDB), conhecido por Alex da Piatã, que era vice-prefeito do município até de final de janeiro, disse ser testemunha da gestão atual e que o prefeito Francisco de Assis tem administrado pensando no povo, diferente do passado, quando se construía escolas em terrenos de cabos eleitorais para beneficiar suas famílias e “não se preocupavam com a qualidade de ensino”.

Alex elogiou a atitude do governador Rui costa que vem demonstrando um grande interesse pela educação, pois em cada município que ele visita vai a uma escola pública para conhecer suas instalações e com desejo de priorizar seu governo, lembrando que o mesmo fez Assis na campanha para prefeito em priorizar a educação.Me lembro quando estive numa cerimonia de troca de comando da PM de Coité, o coronel pegou o microfone ao falar sobre o combate a violência “ele disse ali que nós alimentávamos uma grande esperança para resolver o problema da violência, ele falou; aqui ajuda, mas a solução passa pela educação, e a educação está nos nossos lares e nas escolas, então devemos fazer valer o pacto pela educação” convocou o parlamentar.

Vereador Rene disse que a oposição só vive a criticar, mas quem mais precisa dos benefícios reconhecem o trabalho.

Vereador Rene disse que a oposição só vive a criticar, mas quem mais precisa dos benefícios reconhecem o trabalho.

O vereador Renivaldo dos Santos Lima (PT) citou as melhoria das condições físicas e materiais, implantação de laboratório de informática e acesso à internet como alguns dos atrativos que contribuirá para o bom desempenho dos alunos. Sobre a escolha da comunidade de Vargem Grande para construção da escola, Rene do Sindicato, como é conhecido o parlamentar, disse que foi resultado de estudo técnico feito pela Prefeitura e por está localizado uma região central.

Redação CN/ fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.