bahia

sexta-feira, 06 de fevereiro de 2015 14:37

Treze suspeitos de assalto morrem e sargento é baleado em tiroteio em Salvador

A PM informou que foram apreendidas durante a ação 16 armas, além de vasta munição e drogas.

IMG-20150206-WA0008

Foto Divulgação

 

Treze pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas, entre elas um sargento da Polícia Militar, durante troca de tiros entre policiais e suspeitos de assalto na Vila Moisés, Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula, em Salvador, na madrugada desta sexta-feira (6).

De acordo com a PM, o tiroteio aconteceu após policiais receberem a informação de que um grupo planejava roubar um banco na região. A Polícia Militar afirma que, ao chegar ao local, a viatura das Rondas Especiais (Rondesp) foi recebida a tiros por cerca de 30 assaltantes.

Segundo informações, após um sargento ser atingido, os policiais entraram em confronto com os bandidos. Onze suspeitos foram atingidos e morreram no local. Outros quatro ficaram feridos e foram levados para o Hospital Geral Roberto Santos. Três passaram por cirurgia e um não corre risco de morte, informou a PM.

Segundo a polícia, o sargento foi atingido de raspão na cabeça, socorrido e liberado do hospital. A PM informou que foram apreendidas durante a ação 16 armas, além de vasta munição e drogas.

SSP avalia ação da PM – O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, defendeu a ação dos policiais. “Tudo está sendo apurado, o Departamento de Homicídio com a Corregedoria de Polícia. Agora prefiro acredita na versão dos meus policiais até que algum outro fato apareça. A resposta da polícia tem que ser dura e energética no combate ao crime organizado”, afimrou o secretário.

“Nós não vamos tolerar a participação de elementos armados na prática desse tipo de delito que a gente tem combatido tanto, que é o estouro de terminal de caixa eletrônico por bandidos armados, querendo colocar em risco a sociedade. Os nosso policiais, em uma situação de enfrentamento, não vão ficar esperando alguma coisa acontecer contra eles ou contra a sociedade. O criminoso que quiser enfrentar a polícia vai ter resposta a altura”, acrescentou Maurício Barbosa.

G1BA

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.