conceicao-do-coite

terça-feira, 08 de dezembro de 2015 23:34

Comunidade católica coiteense encerra festa da padroeira com muito louvor

Estima-se que cerca de 10 mil pessoas participaram das atividades de encerramento da festa da padroeira.

Festa da Padroeira - Coité-7

Depois de nove dias seguidos de atividades religiosas foi encerrado na noite desta terça-feira, 08, a Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição do Coité.

Neste feriado em homenagem a Nossa Senhora, aconteceu inicialmente uma missa campal em frente a Igreja Matriz celebrada pelo padre Alexandre Aquino, que  viveu um momento especial de coordenar os trabalhos, pois, assumiu no segundo semestre deste ano a condição de pároco da cidade, ele que substituiu o padre Charles  Santana, que foi cumprir uma missão em Roma.

Festa da Padroeira - Coité-1

A missa de encerramento reuniu católicos de toda parte do município numa demonstração de fé e tradição. A celebração teve inicio por volta das 17h e durou quase duas  horas, mas parece não ter cansado os fiéis que desejavam acompanhar a programação até o fim.

Várias famílias montaram um pequeno altar com a imagem da santa.

Várias famílias montaram um pequeno altar com a imagem da santa.

Já era noite quando a imagem de Nossa Senhora saiu acompanhada de uma grande multidão, alguns fieis chegaram a dizer que foi a maior procissão em número de participantes. O cortejo saiu da Matriz sentido Rua Padre Madureira, dobrou a Rua Costa e Silva (Hospital Novo) rua bastante extensa e completamente tomada por pessoas
que cantavam e dançavam ao som do hino da padroeira e foi preciso um mine trio e um carro de som, para animar a multidão. As famílias reviveram o passado montando um mine altar na porta das casas com a imagem da santa.

Festa da Padroeira - Coité-4

A Procissão que também contou com a banda marcial da Escolinha Menino Jesus, seguiu pela Rua Bailon Lopes Carneiro (Rua de acesso a Prefeitura) e desceu sentido centro da cidade, passando pela Euclides Amâncio da Cumha, Praça do  Mercado, Centro comercial até chegar em frente a igreja onde outra multidão aguardava a chegada para a benção final.

Festa da Padroeira - Coité-2

Além do andor com imagem da Padroeira os fieis carregavam imagens dos padroeiros e padroeiras de suas comunidades a exemplo de Lagoa Seca na região do distrito de  Salgadália que levou o andor com a imagem da padroeira Santa Luzia, Distrito de São João com a imagem do padroeiro São João Batista, Sossego com a imagem de Nossa  Senhora Aparecida, Casas Populares com a Rainha da paz, Tamburi com São Vicente, Amorosa com Santa Luzia, Altinho da Vargem com Santa Rita de Cássia, Maxixe com Sagrado Coração de Jesus, Malhador com Coração de Maria, Domingos com São Domingos, Gangorra I com São Lucas, Cachorrinha com o padroeiro Santo Agostinho, Tabuleiro  com Senhora Santana, Bairro do Cruzeiro com São João Batista, Fortaleza com Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Pinda São Francisco de Assis, Samambaia com Nossa Senhora de Fátima, além de vários núcleos.

Festa da Padroeira - Coité-6

Padre Alexandre muito feliz pelo sucesso da festa e por ser a primeira vez que organiza junto com a comissão uma festa de padroeira, disse que nunca imaginou preparar a festa de Conceição do Coité, para ele uma festa muito tradicional a famosa. Quanto a participação maçica do povo, o Calila perguntou ao pároco a o que ele atribui esse resgate ano após ano. Ele respondeu que é natural quando há uma mudança o povo se coloca numa expectativa do que vai ser, “o novo as vezes causa estranheza, mas quando a população percebe no pastor uma segurança, uma clareza, a fé, alguém que ama a igreja e que ama o povo, ele se coloca no mesmo caminho seguindo as orientações e vai acontecendo o reino de Deus”. Afirmou o religioso.

Festa da Padroeira - Coité-5

O vigário disse também que tem buscado inspiração no papa Francisco, assim como também os leigos, os bispos, com seu jeito simples de ser, com seu carisma com sua linguagem que consegue traduzir o evangelho para o cotidiano da vida.

Festa da Padroeira - Coité-6-des

Quanto a participação de pessoas na procissão, o vigário disse que foi fruto de um trabalho iniciado em agosto, “quando começou a peregrinação da imagem de nossa senhora passando nas comunidades, animando o povo de Deus, depois o convite feito, o uso da mídia de um modo geral, a internet, tudo isso motivou as pessoas para este momento.

Padre Alexandre disse que já pensa nos trabalhos do próximo ano.

Redação CN * fotose vídeo: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS