serrinha

sexta-feira, 04 de dezembro de 2015 20:30

De irmão para irmão: tenente coronel Nilton Paixão passa comando do 16º Batalhão

Em seu discurso de despedida, o tenente coronel Nilton Paixão agradeceu aqueles que colaboraram com a sua gestão.

OLO

Da esquerda: tenente coronel Gilson Paixão, seu pai e seu irmão, Nilton Paixão.

Um clima de emoção fraternal, literalmente, contagiou a todos que compareceram à solenidade de passagem de Comando do Décimo Sexto Batalhão de Polícia Militar, na tarde de sexta-feira (04), na praça Morena Bela, em Serrinha – BA. O tenente coronel PM Gilson Paixão Silva Santos, nomeado para comandar quatorze cidades que abrangem a área de responsabilidade do Batalhão Guardião da região sisaleira, conforme decreto do governador do estado, publicado no Diário Oficial no último dia 26 de novembro, substituiu o seu irmão, o tenente coronel PM Nilton Paixão Silva Santos, que esteve à frente da unidade policial por oito meses e está indo Comandar o Batalhão de Polícia Rodoviária da Bahia – PRE.

A solenidade, que foi presidida pelo comandante do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), coronel PM Adelmário Evangelista Xavier, contou ainda com presença de autoridades da região e membros da comunidade sisaleira, além de representante da imprensa local.

Da esquerda: tenente coronel Gilson Paixão, seu pai e seu irmão, Nilton Paixão.

O pai dos oficiais é o sub tenente PM da reserva remunerada.

Em seu discurso de despedida, o tenente coronel Nilton Paixão agradeceu aqueles que colaboraram com a sua gestão. Fez um agradecimento especial à tropa que esteve à sua disposição e desejou sucesso ao tenente coronel Gilson Paixão, dizendo que o seu irmão está sendo privilegiado por assumir o Comando de um batalhão premiado por cuidar de uma população nobre e acolhedora, o povo sisaleiro.

Ainda durante a sua despedida, em meio a palavras de homenagem ao seu pai, o sub tenente PM da reserva remunerada, Manoel Paixão do Santos, o comandante sucedido elevou o evento ao auge, ao solicitar permissão ao coronel Adelmário para quebrar o protocolo, o que foi autorizado: os comandantes, sucedido e sucessor, fizeram uma homenagem emocionante ao seu pai, agradecendo pela educação recebida.

O evento foi encerrado com o tradicional desfile da guarda de honra em continência à autoridade que presidiu a solenidade.

Redaçao CN * informações/ASCOM 16ºBPM



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS