bahia

quarta-feira, 02 de dezembro de 2015 00:48

Sítio do Quinto – Vereadores afastam o prefeito por 90 dias e vice assume imediatamente

O vice está rompido com o gestor desde o mês de agosto, segundo ele por não aceitar uma postura tomada que não condiz o que foi proposto na campanha.

Prefeito Cleigivaldo (foto Carlino Souza) Jair (foto; Raimundo Mascarenhas)

Prefeito Cleigivaldo (foto Carlino Souza) Jair (foto; Raimundo Mascarenhas)

A Câmara de Vereadores do município de Sítio do Quinto, no Nordeste da Bahia, por cinco votos a quatro, afastou por 90 dias o prefeito Cleigivaldo Carvalho Santa Rosa (PDT). O afastamento se deu após denúncia protocolada na Câmara em 27 de novembro 2015 e depois de analisada por uma comissão foi verificado indícios de improbidade administrativa e suposto desvio de verbas, além de contas reprovadas pelo TCM e licitações duvidosas.

A sessão foi tensa e o vereador Cleidivaldo Carvalho Santa Rosa (PSDB), mais conhecido por Bado, irmão do prefeito Cleigivaldo Carvalho, precisou se afastar e o primeiro suplente Marcelo Gama (PT) assumir para dar continuar a sessão e ocorrer à votação. A tensão foi grande e alegando nunca ter vivenciado essa realidade, o presidente da Câmara, Rodrigo Dias Santa Rosa (PDT), aliado prefeito, suspendeu por duas vezes os trabalhos. Votaram a favor da permanência do prefeito os vereadores Egnaldo dos Santos (PDT), conhecido por Mota da Farofa, José João Batista de Andrade (PSDB), “Zé Miúdo”, Jose Edson de Souza (DEM),” Edson Enfermeiro” e Maria Luciene Vieira de Santana Carvalho (PDT), conhecida por Luciene de Pedro Amâncio.

No exercício do segundo mandato, o prefeito Cleigivaldo Carvalho foi preso pela Polícia Federal na operação 13 de maio e teve cinco, das suas contas reprovadas pelo TCM e a única aprovada, em 2009, foi com ressalvas. Com o afastamento Cleigivaldo, assumiu o cargo imediatamente o vice-prefeito Jair Jesus dos Santos (PP).

Jair dos Correios, como é conhecido, anunciou em agosto seu rompimento com o prefeito alegando que os projetos desenvolvidos pela atual administração não correspondiam ao plano de governo aprovado nas urnas em 2012 e que o mesmo não estava cumprindo os compromissos firmados com a população e o município estava sob a condução de pessoas tinham compromisso com o povo e não concordava com aquela maneira de governar.

Cleigivaldo Carvalho se elegeu pela coligação “Competência e Trabalho tem Nome”, formada pelo PP, PDT, PT, PSB, PSDB, obtendo 4.214 votos (59,73%), derrotando Laudigelson José dos Santos (PTN), que obteve 2.833 votos (40,16%).

Redação CN * Informações Carlino Souza



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS