brasil

sábado, 19 de março de 2016 10:30

Deputados baianos que vão integrar comissão do impeachment receberam mais de R$ 2 mi de empresas investigadas na Lava Jato

Veja relação com nomes dos parlamentares e respectivos valores recebidos.

Nove deputados federais baianos que integram, na Câmara Federal, a comissão do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) receberam doações de empresas investigadas na Operação Lava Jato. O levantamento foi feito pelo Portal UOL com base nos dados públicos disponibilizados na prestação de conta dos políticos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O portal aponta ainda que 40 dos 65 deputados que formam a comissão foram financiados pelas empresas citadas na operação conduzida pelo juiz federal Sérgio Moro. A comissão é formada proporcionalmente por todos partidos que possuem bancada na Câmara Federal.

A soma do financiamento de todos os parlamentares chega a cifra de quase nove milhões de reais. Se levar em conta apenas os baianos, as empresas gastaram R$ 2 milhões e 252 mil para elegê-los.

Entre todos, o deputado Lúcio Viera Lima, do PMDB baiano, é o que abocanhou maior valor: R$ 732 mil. Vieira Lima, ao lado de seu irmão Geddel Vieira Lima, se manifestam publicamente a favor do impeachment da presidente e do afastamento do partido no governo da petista.

Em contato com o site Aratu Online, Lúcio disse não enxergar contradição entre defender a queda da presidente e receber dinheiro das empreiteiras investigadas. “Foram doações legais, dentro das normas estabelecidas. Agora que mudou o sistema, os políticos só vão poder arrecadar de pessoas físicas. Mas antes estava liberado e agimos na lei”, afirma.

Vieira Lima ainda ironiza: “Poderiam até ter dado mais. Meu mandato não é comprometido a essas empresas. Tanto é que integrei a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigou as empresas na Lava Jato”, diz.

Confira abaixo a relação dos deputados que receberam dinheiro destas empresas. Em negrito, os baianos contemplados:

PSDB

Bruno Covas (SP) – R$ 227.486

Jutahy Júnior (BA) – R$ 531.875

Nilson Leitão (MT) – R$ 511.550

Paulo Abi-Ackel (MG) – R$ 425.000

DEM

Mendonça Filho (PE) – R$ 250.000

Elmar Nascimento (BA) – R$ 201.580

PPS

Alex Manente (SP) – R$ 400

PSB

Fernando Coelho (PE) – R$ 30.000

Bebeto Galvão (BA) – R$ 50.000

Danilo Forte (CE) – R$ 400.000

SOLIDARIEDADE

Paulinho da Força (SP) – R$ 240.925,5

PSC

Eduardo Bolsonaro (SP) – R$ 567,27

Marco Feliciano (SP) – R$ 9.837,1

PRB

Jhonatan de Jesus (RR) – R$ 10.000

Marcelo Squassoni (SP) – R$ 770

PHS

Marcelo Aro (MG) – R$ 30.000

PSD

Paulo Magalhães (BA) – R$ 19.898,44

Marcos Montes (MG) – R$ 100.000

PMB

Weliton Prado (MG) – R$ 166.500

PDT

Flavio Nogueira (PI) R$ – 100.000

PMDB

Leonardo Picciani (RJ) – R$ 199.000

Washington Reis (RJ) – R$ 500.000

Osmar Terra (RS) – R$ 190.000

Lúcio Vieira Lima (BA) – R$ 732.000

PP

Aguinaldo Ribeiro (PB) – R$ 271.900

Jerônimo Goergen (RS) – R$ 100.000

Roberto Britto (BA) – R$ 7.423,59

Paulo Maluf (SP) – R$ 648.940

PTB

Benito Gama (BA) – R$ 211.890

PT

Arlindo Chinaglia (SP) – R$ 412.000

José Mentor (SP) – R$ 187.500

Paulo Teixeira (SP) R$ – 285.000

Vicente Cândido (SP) – R$ 254.125

Zé Geraldo (PA) – R$ 145.500

PTN

João Bacelar (BA) – R$ 4.493,66

PR

José Rocha (BA) – R$ 494.407,11

Edio Lopes (RR) – R$ 680.732

Maurício Quintella (AL) – R$ 350.000

PT do B

Sílvio Costa (PE) – R$ 100.000

Total – R$ 8.981.301



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.