esporte

quarta-feira, 23 de março de 2016 10:40

Diante do Santa Cruz, Bahia busca manter 100% de aproveitamento no Nordestão

Desde que o Nordestão retomou suas atividades, em 2013, a melhor campanha tinha sido do rival Vitória, ano passado, com 83% na primeira fase, com cinco triunfos e uma derrota.

Doriva vai escalar time misto.

Doriva vai escalar time misto.

A classificação para as quartas de final foi um mero detalhe já conquistado com duas rodadas de antecedência. O objetivo do Bahia hoje, contra o Santa Cruz, é mais nobre. Matando a cobra hoje, na Fonte Nova, o Esquadrão mantém os 100% de aproveitamento e conquista o posto de melhor campanha já realizada na fase de grupos no novo formato da Copa do Nordeste.

Desde que o Nordestão retomou suas atividades, em 2013, a melhor campanha tinha sido do rival Vitória, ano passado, com 83% na primeira fase, com cinco triunfos e uma derrota. Ninguém conseguiu vencer todas na competição. Possível estreante da noite, o lateral-esquerdo João Paulo Gomes garante que o clima não é de amistoso, apesar do time misto logo mais.

“Não tira o peso de vencer mais uma, apesar de entrarmos mais tranquilos. Porém, existe a grande certeza que nosso objetivo maior é ser o primeiro no geral para  uma condição mais favorável na segunda fase”, assegurou o lateral tricolor.

Na história da competição, apenas dois clubes conseguiram conquistar o título de forma invicta. O Leão, em 2003, além do Ceará, ano passado. Porém, ninguém conseguiu mantendo os 100% de aproveitamento, como o Bahia tem a chance de conquistar. Ano passado, o Esquadrão permaneceu invicto até a final, quando perdeu os dois jogos para o Ceará.

Apesar do status honroso de manter a campanha perfeita no Nordeste, a primeira colocação no geral não dá a regalia de jogar por dois resultados iguais nas fases seguintes. O Bahia só terá o direito de jogar a segunda partida em casa no mata-mata, sabendo que gol fora de casa pode contar no critério de desempate.

Independentemente do resultado de hoje, o Bahia também tem o direito de cair no Bloco 1 no sorteio das quartas de final, onde estarão os quatro melhores primeiros colocados. No Bloco 2 estarão os classificados com as piores campanhas na fase de grupos. Caso não tenha mudança no quadro atual de classificação, os possíveis adversários do Bahia seriam Vitória da Conquista, América, Sport ou o próprio Santa Cruz, adversário de hoje.

Bicampeão da Copa do Nordeste, o Esquadrão não vence desde 2002, quando bateu o Vitória na final.

Revanche
Para quem esteve na Fonte Nova no dia 7 de novembro de 2015, o duelo de logo mais tem  um aspecto de revanche. Naquele fatídico dia, o Bahia enfrentava o mesmo Santinha  na busca pelo acesso à Série A. Porém, de virada, o time pernambucano aplicou 2×1, enterrando as pretensões do Esquadrão de retornar à elite do futebol brasileiro.

Mesmo com um amargo no peito, o torcedor tricolor não precisa temer o Santa, pelo menos na condição de mandante. Dos 33 jogos entre os dois clubes em solo baiano, o Bahia venceu 21 vezes, perdendo apenas cinco.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.