colunas

quarta-feira, 23 de março de 2016 21:32

Dicas Nutricionais para não “jacar” na Semana Santa – Vanessa Gleizer

Páscoa em dia com a dieta, é possível?

  • Opte pelas variedades de peixes como o bacalhau, salmão sardinha, merluza, badejo, corvina, pescada, vermelho de forma assada, grelhada e cozida com legumes. Atentar para dessalgar bem o bacalhau devido ao alto teor de sal que este possui. Os peixes como o bacalhau, sardinha e atum são ricos em gordura boa – o ômega 3 – nutriente anti-inflamatório que protege nosso organismo contra a ação dos radicais livres, além de contribuir para redução dos níveis de colesterol e triglicérides, ajudando também na redução das doenças do coração.
  • Fique atento na hora de comprar os pescados, a fim de evitar problemas de saúde decorrentes do consumo desse alimento. O consumidor deve estar atento a sinais que demonstram que o peixe ainda está fresco, como, por exemplo, se ainda está úmido, firme e sem manchas. Já para os peixes congelados, a dica é verificar se existe algum sinal de descongelamento, como o acúmulo de líquidos. A presença de gelo ou muita água indica que o balcão foi desligado ou teve sua temperatura diminuída temporariamente. Ao escolher o estabelecimento para comprar, neste caso, utilize como critério a limpeza e a organização do ambiente e higiene dos atendentes. Observe também se o local apresenta condições adequadas para conservação dos alimentos oferecidos. Além disso, os produtos devem ser expostos sempre em cima de prateleiras e quando refrigerados e congelados devem ser mantidos na temperatura indicada pelo fabricante.
  • Para aquele que não dispensa uma comida baiana nesse período, porém precisa ter alguns cuidados com a saúde, a dica é utilizar o leite de coco caseiro livre de conservantes químicos ou para aquele com quadro de dislipidemia, pode-se utilizar o leite vaca desnatado ou alternativas livre de colesterol como o leite de aveia, castanhas ou arroz que você pode fazer em casa. Já para substituir o azeite de dendê, pode-se utilizar o açafrão da terra ou cúrcuma, condimentos antioxidantes que dão um tom alaranjado parecido com o dendê.
  • Para a escolha do chocolate na Páscoa, a melhor opção é o chocolate caseiro, preparado em casa, sem aditivos, com baixo teor de açúcar e com alto teor de cacau ou o chocolate amargo ou meio amargo com teor de cacau acima de 55% . No chocolate ao leite, estas substâncias antioxidantes estão presentes em menor quantidade e há grande quantidade de gordura e açúcar neste tipo de chocolate, ou seja, substâncias inflamatórias que desequilibram o organismo. No chocolate branco, o problema é ainda maior, como ele é feito com a manteiga de cacau, não há substâncias antioxidantes neste alimento e sim, uma grande concentração das substâncias inflamatórias que favorecem o desequilíbrio do organismo. Então, quanto maior a concentração de cacau, melhor o chocolate e maior é o seu teor antioxidante. Os antioxidantes agem neutralizando os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce, além de auxiliar no controle dos níveis de colesterol sanguíneo. Mas lembre-se, para obter esses benefícios não é necessário exagero, um pedaço de 15 gramas já garante muitos benefícios! ATENÇÃO!! Crianças menores de dois anos devem evitar o consumo de guloseimas, incluindo chocolate, nos primeiros anos de vida. O consumo destes alimentos está associado à anemia, ao excesso de peso e às alergias alimentares.
  • Para aquele que pensam que o ovo diet é a melhor opção para manter o peso, engana-se. O chocolate diet foi formulado para diabéticos, que precisam limitar a ingestão de açúcar. Nesse tipo de chocolate, o açúcar foi substituído pelo adoçante artificial, mas para manter a textura e sabor, foram acrescidas mais gorduras, ou seja, o chocolate diet, torna-se tão calórico quanto o chocolate tradicional.
  • Para os intolerantes a lactose ou alérgicos ao leite de vaca ou ao glúten, existem no mercado várias opções, dentre elas, o ovo de alfarroba (sem leite, sem lactose e sem açúcar), ovos sem lactose, ovos diet (sem açúcar) e ovos a base de soja. Porém atentar para lista de ingredientes!!
  • E para manter a tradição sem “jacar”, * vamos investir em peixes (ricos em Ômega-3) e carnes leves. *Faça um amigo secreto de Páscoa, assim, além de economizar nos ovos, você ganhará apenas uma tentação. *Não exagere no consumo do chocolate, se a vontade bater, coma mais devagar e em pequenas quantidades. *Não esqueça de investir nas frutas. *Na dúvida, vá de salada, se o banquete for farto, com massas e tudo que existe de mais gorduroso na Páscoa, corra para o pratão de salada acompanhado de um peixe leve. *Evite os exageros a fim da alimentação não ficar tão desequilibrada. *Inclua alimentos grelhados e verduras nas suas refeições; *Não pule refeições. *Mantenha a atividade física nesses dias.
  • Fique atento a lista de ingredientes e a tabela de informação nutricional presentes nos rótulos ovos de páscoa. Os ingredientes utilizados na preparação ou fabricação dos chocolates são declarados na lista de ingredientes em ordem decrescente de quantidade. Assim, deve-se optar por chocolates com maior teor de cacau e, consequentemente, terá menor teor de açúcar. Com relação a avaliação da tabela de informação nutricional, os chocolates com menor quantidade de gordura saturada e trans devem ser priorizados.

Portanto, nesta Páscoa, lembre-se de que o mais importante para nossa qualidade de vida é o EQUILÍBRIO! Tudo deve ser oferecido ao organismo de forma harmoniosa, sem exageros. Tanto a falta quanto o EXCESSO de nutrientes, por mais saudáveis que eles sejam, podem implicar em danos a nossa saúde.

Feliz Páscoa!

Procure um profissional de saúde para melhor orientá-lo e tratá-lo.

Vanessa Gleizer

Nutricionista Funcional. Graduada pela UNEB. Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria. Realiza atendimento nutricional nas cidades de Salvador e Riachão do Jacuípe.

Instagram: @vanessagleizer

Facebook: www.facebook.com/vanessagleizernutricaopersonalizada



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.