brasil

quinta-feira, 10 de março de 2016 15:52

GO – Governador nomeia PM acusado de cometer 15 homicídios para comando do policiamento

A nomeação do tenente-coronel Ricardo Rocha tem sido alvo de críticas do Ministério Público Federal e Estadual.

Decisão do governador está sendo motivo de criticas.

Decisão do governador está sendo motivo de criticas.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), manteve a nomeação do tenente-coronel Ricardo Rocha, 42 anos, como novo chefe do comando do policiamento da capital do estado. Rocha foi escolhido para assumir o cargo no dia 29 de fevereiro, em meio à crescente onda de violência de Goiânia.

A nomeação do PM tem sido alvo de críticas do Ministério Público Federal e Estadual pelo fato de Rocha está sendo investigado por 15 assassinatos e ser acusado de integrar um grupo de extermínio. Ele ainda é alvo de investigações da Força Nacional de Segurança.

Promotores e procuradores de Goiás, em nota encaminhada ao governador, disseram que a nomeação do militar é um “incentivo para excessos e violência policial.” O governo se defende alegando que não há nenhuma condenação contra Rocha. A defesa do militar afirma que todos os crimes investigados foram praticados no exercício da função e em defesa da sociedade.

De acordo com a promotoria, as mortes envolvendo Rocha foram de pessoas com antecedentes criminais. Em uma das ocorrências, o militar é suspeito de ligação com o desaparecimento de dois jovens suspeitos de furtos na zona rural de Alvorada do Norte, em fevereiro de 2010.

“A investigação, até quando estava sob a esfera da polícia de Goiás, apontava a atuação do mesmo grupo (policial). Um dos denunciados de maior patente é o tenente-coronel Ricardo Rocha, que, à época, era major e comandante do Batalhão de Formosa”, disse o promotor de Justiça Giuliano Lima ao jornal Folha de S.Paulo.

Fonte: Correio24horas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.