conceicao-do-coite

domingo, 20 de março de 2016 14:05

Hosana Hei, Hosana ha! Procissão e missa de ramos abrem a Semana Santa em Conceição do Coité

Deste domingo até o próximo a igreja católica pede que as pessoas se dediquem mais as caridades, orações, penitencia, jejum e respeito ao momento que iniciam todo sofrimento de Jesus .

procissão de ramos em coité - 2016 - foto- raimundo mascarenhas - 1

Onde todos os anos finaliza a procissão de ramos, este em em virtude da reforma da praça, foi iniciada. Foto: Raimundo Mascarenhas

A igreja católica de Conceição do Coité realizou na manhã deste domingo,20, a tradicional procissão e missa de ramos, centenas de fiéis participaram dos atos religiosos que iniciou com a procissão que saiu do largo da Igreja Matriz até o ginásio de esportes onde aconteceu a celebração.

Este ano ocorreram algumas mudanças em virtude da Praça da Matriz está passando por reforma e a procissão que iniciava em outro local e findava no largo da matriz onde acontecia a missa campal, este ano ocorreu o inverso, houve a concentração em frente a matriz e o altar para celebração foi montado na quadra de esportes do ginásio.

O jumento figura marcante da procissão este ano não apareceu.

O jumento figura marcante da procissão este ano não apareceu.Foto: Raimundo Mascarenhas

Outro falta notada pelo fiéis durante a procissão foi do jumento, todos os anos é parte da simbologia da procissão de ramos, pois segundo a igreja católica o animal foi usando por Jesus Cristo para sua entrada triunfal em Jerusalém.Segundo padre Everaldo Góis, uma pessoa ficou responsável para levar o animal e até a saída da procissão não havia chegado, por essa razão não foi utilizado na procissão.

procissão de ramos em coité - 2016 - foto- raimundo mascarenhas -6

O simbolismo do jumento pode ser uma referência à tradição oriental de que este é um animal da paz, ao contrário do cavalo, que seria um animal de guerra. Segundo esta tradição, um rei chegava montado num cavalo quando queria a guerra e num jumento quando procurava a paz. Portanto, a entrada de Jesus em Jerusalém simbolizaria sua entrada como um “príncipe da paz” e não um rei guerreiro.

Padre Everaldo administrador da paróquia Nossa Senhora da Conceição - Foto: Raimundo Mascarenhas.

Padre Everaldo administrador da paróquia Nossa Senhora da Conceição – Foto: Raimundo Mascarenhas.

Ainda de acordo com o vigário que presidiu a celebração ao lado do padre Gildivan de Oliveira, no domingo de ramos a Igreja recorda que o mesmo Cristo que foi aclamado como rei pela multidão no domingo, é crucificado sob o pedido da mesma multidão na sexta. “Assim, o Domingo de Ramos é um resumo dos acontecimentos da Semana Santa e também sua solene abertura.” Peço que toda comunidade católica silencie, reflita, ore, jejue bastante nessa semana”, conclama o vigário.

Ginásio lotado no momento da celebração - Foto: Raimundo Mascarenhas

Ginásio lotado no momento da celebração – Foto: Raimundo Mascarenhas

Ramos

A tradição de milênios ainda são cultuados hoje em dia pelos fiéis que pedem que o sacerdote benzam as folhas de palmeira e levam para casa onde são guardadas para serem queimadas na Quarta-feira de Cinzas do ano seguinte. A Igreja Católica considera as folhas abençoadas como sagradas.

Ramos levados na procissão deste ano é benzido pelo vigário e no próximo ano serão queimado e as cinzas usadas na missa de quarta-feira de cinzas quando o fiel recebe a marca da cruz na testa. Foto: Raimundo Mascarenhas

Ramos levados na procissão deste ano é benzido pelo vigário e no próximo ano serão queimado e as cinzas usadas na missa de quarta-feira de cinzas quando o fiel recebe a marca da cruz na testa. Foto: Raimundo Mascarenhas

Em tempos passados havia um grade respeito durante todo período da quaresma que se inicia um dia após o carnaval e termina no domingo de páscoa, ou seja no próximo dia 27. As pessoas viviam mais em penitencia, oração, jejum e evitavam comemorações e festas.Mas hoje em dia para a grande maioria das pessoas o período se tornou comum e pouco respeitado, e a igreja pede mas dedicação dos fiéis durante esta semana, que evitem excessos e se dediquem mais as orações.

Redação CN/ Fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.