brasil

sexta-feira, 04 de março de 2016 15:01

Neto de Chico Anysio morreu afogado, aponta laudo da polícia

O corpo de Rian foi encontrado com rosto desfigurado e em estado avançado de decomposição, segundo o tenente Amaro Garcia, coordenador de Defesa Civil.

Corpo de Rian Brito é encontrado em praia de Quissamã.

Corpo de Rian Brito é encontrado em praia de Quissamã.

Rian Brito, 25 anos, neto do humorista Chico Anysio, morreu em decorrência de asfixia por afogamento. A informação foi divulgada na noite desta quinta-feira (3) após laudo da necropsia realizada no corpo. Rian desapareceu no dia 23 de janeiro. Desde então, uma força-tarefa havia sido montada pela família e polícia para localizar o jovem.

O corpo de Rian foi encontrado por um pescador na manhã desta quinta-feira (3), na Praia de Flecheiras, em Quissamã, no Rio de Janeiro. Aguinaldo Menezes, de 47 anos, estava acompanhado de um amigo quando encontrou o corpo de Rian Brito, de 25 anos.

De acordo com Aguinaldo, ele estava atento a qualquer sinal do corpo de Rian desde que ouviu sobre o sumiço do jovem. “Quando passava pela Praia do Valão, vi que tinha algo que parecia um corpo na beira. Fui até o local e vi que era mesmo um corpo. Meu colega que estava comigo chamou, então, os policiais. Para mim foi um grande choque. Nunca tinha visto nada disso aqui. Estou chocado até agora. É muito triste o que aconteceu com esse rapaz”, disse o pescador ao ‘Extra’.

O corpo de Rian foi encontrado com rosto desfigurado e em estado avançado de decomposição, segundo o tenente Amaro Garcia, coordenador de Defesa Civil, ao site Ego.

Segundo o tenente contou à publicação, o corpo foi encontrado num local muito afastado de onde estavam os pertences de Rian. “Uns 25 km. O mar jogou ele. Está entre o mar e a lagoa”, falou. O ator Marcos Palmeiras, primo do ator Nizo Neto, pai de Rian, comentou o caso na tarde desta quinta-feira. “Está despedaçado”, disse.

As roupas e documentos dele foram encontrados dobrados na areia por um morador de Quissamã. A Praia do Paulista fica na Restinga de Jurujuba, um local de difícil acesso, mas frequentada no final de semana.

Um tubarão pescado na segunda-feira (29), na Praia de João Francisco, em Quissamã, chegou a passar por perícia para verificar se havia algum vestígio de corpo humano dentro do animal.

Correio24H



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.