politica

quinta-feira, 10 de março de 2016 16:10

PMDB baiano apresentará moção de rompimento com governo Dilma

A moção de rompimento é assinada ainda pelo único deputado federal do PMDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima.

O PMDB da Bahia, liderado por Geddel Vieira Lima, entregará no domingo (13) uma moção de rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff. No domingo, o PMDB realiza o seu congresso nacional.

A carta elenca oito motivos para romper com a administração da petista. “Considerando que o Brasil sofre uma das mais graves crises econômicas, moral e política da sua história; considerando que a crise resultante, principalmente, de escolhas erradas nas ações do Governo Federal; considerando que o PMDB, embora tenha o vice-presidente da república formalmente participe da base de governo, nunca foi chamado para discutir soluções econômicas ou políticas para o  país; considerando as graves denúncias de participação de integrantes do governo federal em escândalos de corrupção; considerando que as bases e a militância do PMDB já não  concordam em integrar o governo Dilma; considerando o anseio do povo brasileiro por mudanças urgente; solicitamos a imediata saída do PMDB da base de sustentação do governo federal, com a entrega de todos os cargos em todas as esferas da administração pública federal”, diz o documento.

A moção de rompimento é assinada ainda pelo único deputado federal do PMDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.