politica

quinta-feira, 31 de março de 2016 18:01

São Domingos – Faltam seis meses para eleição e ninguém assumiu a pré-candidatura a prefeito

Embora ninguém tenha lançado nome, talvez seja a eleição com maior número de opção.

Em recente encontro de atividade esportiva, oposição e situação ocuparam o mesmo espaço, inclusive na foto.

Em recente encontro de atividade esportiva, oposição e situação ocuparam o mesmo espaço, inclusive na foto.

Faltando exatamente seis meses para as eleições municipais, em São Domingos, município localizado no território do sisal, nenhum dos dois grupos políticos conhecidos pelo “grupo de Flory e outro de Izaque”, definiu um nome para pré-candidato a prefeito. Flory ex-deputado estadual e Izaque ex-prefeito (já falecidos) são referencias por terem disputado a primeira eleição municipal após a emancipação em 13 de junho de 1989.

Nafitel tem história política em ambos os lados.

Nafitel tem história política em ambos os lados.

Ao longo destes 27 anos, todos os prefeitos foram eleitos pelo grupo de Izaque Pinheiro, inclusive o atual, Domingos Nafitel Ramos Oliveira, que iniciou a carreira política pelo grupo de Flory, tendo disputado, sem êxito, uma campanha para prefeito e depois aderiu ao grupo de Izaque Pinheiro, por onde foi eleito vice-prefeito duas vezes e prefeito.

Izaque teve uma trajetória contrária de Nafitel. Fora dois mandatos de prefeito e um de vice.

Izaque teve uma trajetória contrária de Nafitel. Fora dois mandatos de prefeito e um de vice.

O ex-prefeito Izaque Júnior (PMDB), herdeiro político do pai, falou ao CN que o grupo tem se reunido para discutir a sucessão, pois o atual prefeito Nafitel Ramos já demonstrou que não pretende ser candidato à reeleição e o grupo deverá escolher um nome que vá disputar com força e chance de vitória. Ele disse também que será um trabalho de reconstrução do grupo e irá chamar todos os vereadores, lideranças e encomendará pesquisas para ver quem está melhor.

Questionado sobre a possibilidade de ser candidato para o terceiro mandato, ele disse que isso dependerá do resultado das pesquisas e lembrou que existe um processo no TCM referente a uma notificação para responder sobre um convênio e que enviaram para endereço errado e não foi respondido, “mas já entramos com um pedido de revisão desta decisão e vou aguardar o prazo para apresentar a defesa. Creio que isto não será impedimento, depois de ouvir os juristas”, falou o ex-prefeito.

Sobre os partidos alinhados com o grupo, Izaque Junior disse que está o PDT, PRB, Solidariedade, PSD, PCdoB e PT que estão abrindo dialogo, “não iremos impor nome para formação da chapa. Iremos construir os candidatos de conciliação. Temos vários nomes, inclusive o meu, mas não é necessário que seja eu, qualquer nome do grupo tem condição será candidato”, externou.

Junior reconhece que a política está exigindo nomes novos, e que dentro do PMDB, partido o qual é filiado, tem outros opções a exemplo do empresário Chanan, Suzana, ex-secretária de Ação Social e Roberval Pinheiro.

Vereador de com destacada atuação na Câmara surge também com nome forte para concorrer ao executivo.

Vereador de com destacada atuação na Câmara surge também com nome forte para concorrer ao executivo.

O vereador Ilário Antonio Neto Rios Carneiro (PP), representante do grupo de Flory, falou que seu grupo também vem conversando e buscando construir um nome de consenso da oposição. O grupo já disputou a prefeitura com o ex-deputado Florisvaldo Carneiro, Nafitel Ramos e Hildebrando Neto em 2012 pelo PT, formando uma chapa “sangue puro” com a também petista, Maria Betânia.

Ilario falou sobre a possibilidade de coligação com o PT, PR e PSB, partidos que estiveram juntos em 2012 e a inclusão do PP, cuja vereadora Givalda Vieira dos Santos Araújo e o vereador Antonio Jose Rios Nery, que faleceu vitima de acidente automobilismo em maio de 2015 e sempre pertenceram ao Partido Progressista. Com a morte de Toinho Rios, como era conhecido o vereador, a primeira suplente Gildásia Carneiro Dias, “Dai”, assumiu o mandato pela legenda que tinha o domínio de Nafitel Ramos, tendo abandonado após o comando para Welber Francisco Rios Carneiro, um dos filhos de Florisvaldo Carneiro, oposição ao prefeito.

Eleito pelo PR, Ilario Carneiro, aproveitou a “janela” e passou para o PP, mantendo o mesmo número de cadeiras na Câmara. O progressista, que é cotado pra candidato a prefeito, não descarta essa possibilidade, mas garante que existe outros nomes e tudo será discutido com detalhe e o melhor nome será apoiado pelos partidos de oposição, cuja luta dele é manter essa unidade.

Givalda também se destacou na presidência da Câmara

Givalda também se destacou na presidência da Câmara

A vereadora Givalda Vieira falou ao CN que está no segundo mandato, em ambos eleita pelo PP e mantém sua posição no partido e integra o grupo de Flory, apesar de se relacionar bem com os dois grupos. “Antes de sai do grupo Izaque Pinheiro, conversei com Nafitel, que é meu amigo, e não faço oposição radical. Voto no que é legal e para o bem do povo”, concluiu.

Marcão acabou de assumir a direção do PSD com a filiação de Alex da Piatã.Ambos deixaram o PMDB.

Marcão acabou de assumir a direção do PSD com a filiação de Alex da Piatã.Ambos deixaram o PMDB.

“Paquerado” pelos dois grupos, o vereador José Marcos Almeida Santos,”Marcão” não descarta o PSD ter candidato a prefeito, pois a legenda conta com o deputado Alex da Piatã, que, segundo ele, veio para fazer a diferença e pode ajudar muito o município nos próximos anos com o prefeito alinhado e fazendo uma politica pública a serviço do povo. Ele garantiu que o partido vem conversando com outros partidos e não quis adiantar, mais garantiu que a legenda sairá forte para disputar a eleição.
.

Deputado Alex da Piatã mostra-se bem relacionado com ambos os grupos. Mas sua escolha é por Marcão.

Deputado Alex da Piatã mostra-se bem relacionado com ambos os grupos. Mas sua escolha é por Marcão.

O deputado Alex da Piatã disse que o mandato irá participar do processo eleitoral e a presença física sempre no município o credencia e tem transformado em ações, em especial nas áreas da saúde e esporte. “O PSD aqui em São Domingos tem a liderança de Marcão e nossa ideia é crescer e participar das eleições com um projeto novo, despertando interesse novo”, falou o parlamentar

O desejo de Alex é Marcão como candidato, pois,segundo ele,vem se destacando nas pesquisas. “Mas reconheço que existem bons nomes na oposição e vamos continuar conversando. A ideia mesmo é o PSD buscar uma posição na majoritária e implantar um projeto novo”, concluiu.

Implantando o Solidariedade em quase todos municípios, Luciano não descarta a possibilidade de entrar forte já nesta eleição.

Implantando o Solidariedade em quase todos municípios, Luciano não descarta a possibilidade de entrar forte já nesta eleição.

Também recém criado em São Domingos, o Solidariedade surge com uma posição de independência e vem construindo um grupo novo e com possibilidade de ampliação da bancada na Câmara de vereadores até o prazo final das filiações, segundo o presidente estadual da legenda, Luciano Araújo. “Estamos conversando com os dois grupos e avançando com possibilidade de fazer parte na chapa majoritária”, falou Araújo.

Redação CN/Fotos? Teones Araújo e arquivo Calila.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.