fatos-policiais

terça-feira, 15 de março de 2016 23:11

Valente: suspeito de envolvimento com o tráfico morre em confronto com a PM

Segundo a Polícia um comparsa foi preso durante a operação.

Kaickson Ramos de Oliveira, 22 anos, foi morto em confronto com policiais militares do Pelotão Especial Tático Operacional- PETO da 5ª Companhia/Santaluz, por volta das 17h desta terça-feira, 15, em uma residencia nas Casas Populares no Povoado de Valilândia, em Valente.

droga-encontrada-com-suspeito

De acordo com informações da PM, o fato aconteceu após a central receber denúncias da Polícia Civil da cidade de Valente, que indivíduos armados estariam traficando na localidade causando temor a comunidade.Ainda de acordo com a Polícia Militar, ao chegar ao local indicado alguns elementos ao avistarem a viatura deflagraram disparos contra a guarnição a qual revidou, pelo o que chamou de injusta agressão, após cessar os disparos, a mesma guarnição prestou socorro a Kaickson para o hospital municipal José Mota, em Valente onde deu entrada sem os sinais vitais.

Informações da Policia dão conta ainda que o mesmo tinha passagens pela delegacia, respondia por tráfico e tentativa de homicídio. Um revólver calibre 38, cinco munições intactas e seis deflagradas, além de R$ 50 e certa quantidade de maconha, entre outros materiais, foram apreendidos.

Outro jovem que estava na companhia de Kaickson foi preso. Everson Silva de Oliveira, 22 anos, morador do Bairro Águas Claras, em Salvador, segundo a Policia, ele alegou que estava passando dias em Valente na casa de amigos e teria ido a casa de Kaickson comprar droga para uso pessoal.

A Policia informou também que tinha mais um elemento que conseguiu fugir.

Redação CN / Informações PM



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.