nova-fatima

sexta-feira, 01 de abril de 2016 15:36

Assis garante que será candidato a prefeito de Nova Fátima

Atual vice disse que aparece bem nas pesquisas e a não há confirmação se o atual prefeito vai disputar a reeleição.

Assis atual vice não está de relação cortada com o gestor, mas deseja um espaço maior no grupo.

Assis atual vice não está de relação cortada com o gestor, mas deseja um espaço maior no grupo.

Depois da manifestação de interesse do petista Manoel Santos de Oliveira, mais conhecido por Manoel do Paradise, do vereador José Adriano Santos Pereira (PP) e de Pedro Ademar de Lima (PMDB), “Ademe”, ex-vereador, pela candidatura a prefeito do bloco de oposição, o atual vice-prefeito José de Assis de Oliveira Porto (Solidariedade), declarou ao CN que também irá disputar o pleito.

Considerado “homem de confiança” do prefeito Amado Cunha (PR), Assis ingressou na politica em 2004, quando foi eleito vereador, reeleito em 2008 e 2012 formou a chapa com o republicano, sendo eleito com 52,68% dos votos válidos. Convicto da decisão, Assis relatou que deseja espaço no grupo majoritário, visto que aparece bem em todas as pesquisas de opiniões realizadas no município.

As duas últimas pesquisas encomendadas pelo grupo para avaliação do momento político, segundo ele, mostrou uma vantagem grande em todos os cenários quando colocados na disputa com Adriano Pereira e Manoel do Paradise, além da demonstração da grande rejeição do atual prefeito Amado Cunha, Adriano e Manoel. “Sou considerado o novo e desejo popular é um nome novo em Nova Fátima”, externou.

Questionado sobre a posição do prefeito Amado Cunha diante deste comportamento político, ele disse que o chefe do executivo quer ser candidato de todo jeito, “mas tem a questão da rejeição e das contas do exercício de 2014, além do resultado negativo demonstrado nas pesquisas”, justifica.

Assis disse também que o prefeito Amado Cunha tem desabafado com os amigos mais próximos que não está satisfeito com sua posição, mas nega de público sua candidatura a reeleição. “Estou bem e quero aproveitar esse momento. Caso essa realidade mude, apoiarei sua candidatura a reeleição. Depende apenas da opinião popular”, concluiu.

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.