bahia

terça-feira, 26 de abril de 2016 12:45

Deputado lamenta fim do Programa da Criança mantido pelo Petrobras

O programa atendia 200 crianças entre 8 e 13 anos de 11 povoados, que recebiam apoio pedagógico e psicológico, aulas de artes, de esportes e duas refeições diárias em Alagoinhas e um Povoado de Catu

"É uma pena que nossas crianças tenham que pagar por toda essa crise"

“É uma pena que nossas crianças tenham que pagar por toda essa crise”

Primeiro parlamentar a levantar o debate sobre a retração de investimentos da Petrobras na Bahia, o deputado estadual Alex Lima (PTN) lamentou o comunicado da gerência de Responsabilidade Social da estatal sobre a suspensão do Programa de Criança, que funcionava em Alagoinhas há 14 anos. “Já esperávamos impactos econômicos com a saída da Petrobras da Bahia, mas os reflexos nas áreas social e educacional também surgiram. É uma pena que nossas crianças tenham que pagar por toda essa crise. Alagoinhas ofereceu muito ao Brasil e à Petrobras, portanto não podemos aceitar que a empresa economize recursos através da suspensão de um programa tão elogiado e benéfico”, disse o parlamentar.

Em geral, o programa atendia 200 crianças entre 8 e 13 anos de 11 povoados, que recebiam apoio pedagógico e psicológico, aulas de artes, de esportes e duas refeições diárias. Estudantes do povoado de Panelas, em Catu, também participavam do programa.

Além dos impactos educacionais, Alex Lima ainda alertou sobre as demissões causadas no município pelo encerramento das atividades. “É uma grande perda para os estudantes e suas famílias. Muitos profissionais, como professores, merendeiras e técnicos já estão em processo de desligamento. Precisamos unir forças e garantir um futuro melhor para nossos estudantes e nossa Bahia”, defendeu o deputado.

Fonte: Assessoria Parlamentar 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.