bahia

sexta-feira, 01 de abril de 2016 15:59

Hospital das Clínicas será centro de assistência à microcefalia

Segundo hospital, local terá atendimento multidisciplinar para crianças.

Hospital das Clínicas, em Salvador, na Bahia.

Hospital das Clínicas, em Salvador, na Bahia.

O Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), conhecido como Hospital das Clínicas, vai se tornar, a partir do dia 13 de abril, o Centro de Assistência Multidisciplinar de Microcefalia da Bahia.

A microcefalia é uma condição rara em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal.

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na  terça-feira (29), o número de mortes notificadas por suspeita de microcefalia chega a 27 no estado.

De acordo com comunicado do Hupes, o objetivo da implantação do centro na unidade médica  é verificar a gravidade dos danos da microcefalia nos pacientes, para que o tratamento e acompanhamento sejam o mais precoce possível.

A criança com a condição passará, em um mesmo dia, por avaliações dos setores de pediatria, neuropediatria, infectologia pediátrica, oftalmologia, otorrinolaringologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e ultrassom. Haverá ainda outros serviços do hospital dedicados ao suporte dos pacientes, como nutrição, psicologia, assistência social e enfermagem.

Ainda segundo o hospital, os pacientes diagnosticados com a doença serão encaminhados para lá por meio de unidades da rede SUS, como a Maternidade Climério de Oliveira (MCO), o Centro de Prevenção e Reabilitação ao Portador de Deficiência (Cepred) e o Hospital Roberto Santos.

Segundo novos parâmetros indicados pelo Ministério da Saúde, a condição é definida para bebês do sexo masculino com perímetro cefálico menor que 31,9 cm, e para bebês do sexo feminino, com perímetro cefálico menor que 31,5cm. Antes, a notificação de microcefalia levava em consideração o perímetro cefálico menor ou igual a 32 cm para diagnóstico da doença.

Microcefalia na Bahia
O boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na terça-feira (29), aponta que o número de mortes notificadas por suspeitas de microcefalia subiu de 24 para 27 no estado em uma semana.

Conforme a Sesab, os novos óbitos foram registrados em Anguera (1), Santo Antônio de Jesus (1) e Simões Filho (1). Antes, já tinham sido registradas mortes em Alagoinhas (1), Camaçari (3), Conceição do Jacuípe (1), Cravolândia (1), Crisópolis (1), Monte Santo (1), Barro Preto (1), Campo Formoso (1), Itabuna (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (6), Tanhaçu (1), Esplanada (1), Feira de Santana (1), Tancredo Neves (1) e Senhor do Bonfim (1).

Com os novos parâmetros, a Sesab afirma que, entre outubro de 2015  e 26 de março de 2016, foram notificados 550 casos de microcefalia em 128 municípios. Desses, 222 foram investigados com a realização de exame de imagem e/ou exame laboratorial, sendo 161 confirmados e 61 descartados.

G1.com



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.