nordestina

terça-feira, 19 de abril de 2016 18:32

Nordestina – Secretário Nelson Moura deve ser o indicado do prefeito Ito para tentar a sucessão

Nelson presta serviço ao Município praticamente desde que Nordestina foi emancipado.

Pelos trinta anos de prestação de serviço ao município, Nelson garante que está preparado para governar.

Pelos trinta anos de prestação de serviço ao município, Nelson garante que está preparado para governar.

Mesmo sem oficializar a pré-campanha e anunciar publicamente o nome do candidato do PSD para concorrer a sucessão, o prefeito Wilson Araújo, conhecido Ito, vem dando sinais que deverá indicar o atual secretário de finanças, Nelson Reis Moura, 49 anos, como pré-candidato a prefeito. Ito tem elogiado postura de Nelson como funcionário público que ingressou na Prefeitura logo que emancipou, como agente administrativo em 1986, na primeira gestão do então prefeito Nélio Amambaí.

Considerado homem da confiança dos prefeitos que administraram o município, Nelson acumula experiência de chefe do Setor Pessoal, ainda com Nélio, depois secretário de finanças na gestão de João Soares, em 1989. Ele também acumula experiência no setor privado onde trabalhou dois anos e seis meses em São Paulo, mas segundo ele não deixava vim ao município.

Nelson praticamente participou de todos os governos.

Nelson praticamente participou de todos os governos.

É publico o conhecimento de Nelson na área política e administrativa e em uma das viagens de férias, coincidiu com a convenção do PL que homologava a primeira disputa de Ito em 1996 e foi convocado pelo diretório do partido para atuar com secretário. Com a vitória de Ito, Nelson foi convidado para exercer a função de secretário de finança e foi oficializado através do decreto 01/1997, ou seja, o primeiro assinado pelo prefeito recém-empossado.

Nelson tem dois mandatos de vice

Nelson tem dois mandatos de vice

Com a reeleição de Ito em 2000, continuou secretário de administração e 2004 foi candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo empresário Geraldo Guimarães e em 2008, foi reeleito vice-prefeito na chapa de Ito, que assumia o terceiro mandato. Como vice-prefeito, acumulou a secretaria de administração e finanças. Moura também presidiu o PP no período de 2003 á 2013, quando deixou a legenda e se filiou ao PSD, por onde deverá disputar a eleição, se indicado pelo partido.

Casado, pai de 02 filhos, Nelson disse ao CN que está preparado para função, conhece bem a máquina pública, vem vivendo as transformações que o serviço público tem vivido com a lei de responsabilidade fiscal, transparência, processos licitatórios, “enfim, sei mesmo da responsabilidade de cuidar da coisa púbica e atrair investimentos e oras para melhorai da qualidade de vida das pessoas”, falou o social democrata.

Ito está no quarto mandato e não conheceu derrota até hoje.

Ito está no quarto mandato e não conheceu derrota até hoje.

Questionado sobre a possibilidade da indicação de Nelson para prefeito, Ito não negou e nem confirmou, apenas elogiou o funcionário público concursado desde 1999 como agente administrativo e destacou o conhecimento que tem no município com todas as famílias, com suas histórias, conhece as estradas e as casas das pessoas, pois é natural de Nordestina, “tanto ele quanto sua esposa, filhos e seus familiares. É um filho de Nordestina preparado para cuidar dos seus conterrâneos”, falou Ito.

O prefeito Wilson Araújo Matos, 65 anos, está no quarto mandato como prefeito, sendo eleito em 1996 e 2008 e reeleito em 2000 e 2012. Em 2004 elegeu o seu sucessor Geraldo Guimarães e sempre manteve maioria absoluta correspondente, 2/3 dos vereadores.

No momento atual, 2/3 dos vereadores que integram a Câmara, ou seja, Valdir da Van, Marcos da Padaria, Marcos do Angico, Maria Natividade, mais conhecida por Titi, Genilson dos Santos e Vadinho do Mari, fazem parte da bancada da situação e filiados ao PSD.

Dentre os vereadores eleitos em 2012 pela situação, apenas Marcos do Angico pertencia ao PP, mas, aproveitando a janela, passou para PSD. O vereador da oposição, Marivaldo Ferreira, foi eleito pelo PMDB e migrou para o PSL. Sebastião do Nascimento, conhecido por Tião, o mais votado em 2012, se manteve no PMDB.

Redação CN/ Fotos: Raimundo Mascarenhas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.