bahia

quarta-feira, 13 de abril de 2016 22:55

PF cumpre mandados de prisão dentro de presídios da Bahia; três deles em Serrinha

As drogas que abastecem o tráfico na Bahia são enviadas do município de Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul.

A PF investigou o grupo entre os meses de fevereiro e dezembro de 2015.

A PF investigou o grupo entre os meses de fevereiro e dezembro de 2015.

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (13) uma operação para desarticular uma organização de tráfico de entorpecentes conhecida como “Bonde dos Malucos”. Ao todo foram emitidos 13 mandados de prisão preventiva, sendo nove em municípios da Bahia e quatro no Mato Grosso do Sul.

Conforme a PF da Bahia, dos mandados cumpridos no estado cinco foram em Salvador, três em Serrinha e um em Feira de Santana. Os nomes das pessoas que foram alvos da ação não foram divulgados.

A PF detalha que parte dos criminosos foram presos no decorrer das investigações e, por isso, a maioria dos mandados foi cumprida dentro de presídios. A polícia não informou em quais presídios a operação aconteceu.

A PF investigou o grupo entre os meses de fevereiro e dezembro de 2015. Nesse período, foram apreendidas aproximadamente 6,5 toneladas de maconha.

A maior apreensão realizada durante as investigações aconteceu no dia 11 de maio de 2015, no município de Correntina, região oeste da Bahia, onde foram apreendidos 3.740 kg de maconha que estavam sendo transportados em um caminhão. Na oportunidade foram presos os principais líderes da organização.

As drogas que abastecem o tráfico na Bahia são enviadas do município de Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul. A cidade faz fronteira com o Paraguai e é lá onde vive o atual comandando da organização.

O G1 tentou entrar em contato com a PF para determinar o número de prisões na Bahia e quais presídios receberam a operação, mas não obteve resposta.

Fonte G1



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.