economia

sexta-feira, 15 de abril de 2016 09:25

Preço de gasolina na região do sisal não cai, em Feira de Santana o litro pode ser encontrado a R$ 3,37

A rapidez para aumentar o preço não é a mesma para abaixar.

A imprensa divulgou esta semana a queda nos preços de combustíveis, de maneira especial a gasolina a mais procurada pelos proprietários de veículos. Só que em Conceição do Coité e outras cidades da região do sisal os valores continuam do mesmo jeito, com preço médio de R$ 3,70.

Não compensa sair da região para abastecer em Feira de Santana, mas quem estiver indo pode colocar no tanque o suficiente para chegar, pois, vai encontrar o litro de gasolina no valor de R$ 3,369.

O consumidor busca explicação do porquê, quando é para aumentar o preço acontece de forma simultânea de norte a sul do pais, por exemplo:  o reajuste vai acontecer amanhã, dia 16, alguns donos de postos já mudam os preços hoje a noite.

Foto do internauta Sérgio Cunha

Foto do internauta Sérgio Cunha / Posto em Feira de Santana

O motorista deve ficar atento, pois é nítido a cobrança de preço abusivo em determinados postos. Em Serrinha na última terça-feira, 12, um posto cobrava R$ 3,81 pelo litro da gasolina e 20 km a frente, em Bandiaçu Distrito de Conceição do Coité  era cobrado o valor de R$ 3,65. R$ o,16 mais caro por litro parece pouco, mas na hora de encher o tanque de 45 litros a diferença é R$ 7,20, (164,25 /171,45). Mas se optar por abastecer em Feira de Santana no valor de R$ 3,37 ele economiza R$ 20,15 no tanque de 45 litros ( 3,37/3,81).

Obs: hoje, 15/04 pode ser encontrado o valor de R$ 3,37 em Feira de Santana, não temos informações de ontem para hoje se os postos mantêm os preços de R$ 3,70 e R$ 3,81.

Redação CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.