educacao

quarta-feira, 06 de abril de 2016 13:55

Professores e estudantes das universidades estaduais realizam manifestação nesta quinta

O movimento reivindica também 15,5% de aumento salarial.

Professores, estudantes e técnicos das Universidades Estaduais da Bahia (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) vão realizar manifestação nesta quinta-feira (7). A paralisação de um dia de todas as atividades acadêmicas tem o objetivo de reivindicar respeito aos direitos trabalhistas, condições de trabalho e estudo adequados, bem como melhorias na política de permanência estudantil. A paralisação, com portões fechados, foi deliberada nas assembleias gerais da categoria docente nas quatro universidades.

Na Uneb de Salvador, no período da manhã, às 7h, ocorrerá o fechamento dos portões. A partir das 9h, com concentração em frente à Assembleia Legislativa, acontecerá ato público e caminhada até a Governadoria. A atividade será realizada por diversos sindicatos do funcionalismo público estadual. Além da pauta das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba), o conjunto dos servidores do estado reivindicará o pagamento do reajuste linear da categoria.

Já no período da tarde, às 14h, outro protesto será realizado pela comunidade acadêmica das Ueba, agora em frente à Secretaria Estadual da Educação (SEC), também localizada no Centro Administrativo da Bahia.Vários ônibus farão o transporte da comunidade acadêmica das Ueba do interior à capital. De acordo com o Movimento Docente, em 18 de dezembro do ano passado, foi protocolada junto ao governo de Rui Costa, a pauta de reivindicações que até o momento segue ignorada pelo governo. O movimento reivindica também 15,5% de aumento salarial. O cálculo foi feito com base em uma política de reposição inflacionária de 2015 e a manutenção da média das conquistas salarias nos últimos oito anos.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.