bahia

quarta-feira, 13 de abril de 2016 00:29

Projeto da violinha do sisal ganha prêmio de R$ 15 mil do Concurso Ideias Inovadoras promovido pela FAPESB

Ao todo 24 projetos foram premiados na 8ª edição do Concurso promovido pela Fapesb, instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti).

Maestro Josevaldo Nim recebe a premiação ao lado do seu pai.

Maestro Josevaldo Nim recebe a premiação ao lado do seu pai.

A Orquestra Santo Antônio tem mais um projeto premiado: “O Som do Sisal”, a ideia inspirada na violinha de buriti do Jalapão faturou R$ 15 mil, no Concurso Ideias Inovadoras da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – Fapesb, depois de conquistar o 1º lugar na categoria Inovador na Economia Criativa.

O prêmio foi entregue nesta terça-feira, 12, no auditório da Federação das Indústrias da Bahia (Fiesp), em Salvador, com a presença de pesquisadores, inventores independentes e da economia criativa, além de graduandos e pós graduandos.

Governador Rui Costa na sua visita a Coité conheceu o instrumento feito com flecha de sisal.

Governador Rui Costa na sua visita a Coité conheceu o instrumento feito com flecha de sisal.

Ao todo 24 projetos foram premiados na 8ª edição do Concurso promovido pela Fapesb, instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti).

O prêmio se divide em oito categorias e este ano a novidade foi a de Inovações Educacionais, conquistado pela professora da Secretaria da educação do Estado, Rosana Gonçalves. “[É] uma tecnologia comportamental para o desenvolvimento de habilidades sociais. O prêmio vai ajudar porque para desenvolver [o projeto] é preciso da atuação de outros profissionais, como psicólogos. Então são necessários recursos”.

Segundo o titular da Secti, Manoel Mendonça, o concurso é um esforço para que a ideia de inovação seja popularizada. “Nós temos esse concurso há oito anos. Devido ao foco do governo, especialmente do governador Rui Costa, para a educação tivemos um prêmio especial para esse segmento. A avaliação [dos projetos] é feita por uma banca de consultores externos, que escolhem os três primeiros colocados de cada categoria”, detalhou.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Secti, também estimula o empreendedorismo. O gerente de Acesso, Inovação e Tecnologia da instituição, Leandro Barreto, afirma que “o Sebrae vai proporcionar uma capacitação para que estes vencedores comecem a compreender como modelar seu negócio, ter clientes e fornecedores. Será um curso ao final do qual eles terão a ideia da inovação associada ao empreendedorismo”.

Redação CN/ Bahia Noticias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.