bahia

segunda-feira, 04 de abril de 2016 12:08

Rui inaugura novo serviço de diagnóstico por imagem do Centro Estadual de Oncologia

O serviço tem capacidade para realizar, mensalmente, 92 tomografias, 800 mamografias e 516 radiografias, além de duas estereotaxias, diariamente.

Novo Setor de Bioimagem do Centro Estadual de Oncologia (Cican). Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Novo Setor de Bioimagem do Centro Estadual de Oncologia (Cican).
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Principal unidade para tratamento de câncer na rede pública de saúde da Bahia, com cerca de 300 atendimentos por dia, o Centro Estadual de Oncologia (Cican) recebeu um novo Centro de Diagnóstico por Imagem. Inaugurado pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (4), o setor conta com equipamentos de imagem de alta tecnologia, como um tomógrafo de 16 canais, Raio-X e mamógrafos com estereotaxia, procedimento realizado para analisar possíveis lesões encontradas em exames. O serviço tem capacidade para realizar, mensalmente, 92 tomografias, 800 mamografias e 516 radiografias, além de duas estereotaxias, diariamente. O investimento total foi de aproximadamente R$ 5 milhões.

cican5

Na ocasião, o governador explicou como funcionará o serviço de diagnóstico por imagem na unidade. “Ao invés de fazer [o atendimento] diretamente pelo Estado, foi licitada uma parceria público-privada (PPP). É a primeira experiência do Brasil, assim como foi o Hospital do Subúrbio. Esperamos um melhor serviço e maior produtividade. A empresa aqui será remunerada pela qualidade e quantidade de exames feitos. Se um equipamento der defeito, por exemplo, a empresa não receberá pelos dias em que não realizou exames. Com isso, aumentaremos e muito a quantidade de exames disponível para a população. A nossa expectativa é que os outros hospitais, como o Roberto Santos, o HGE e os novos hospitais que estamos construindo, em todos eles seja implantado este projeto de PPP”.

Novo Setor de Bioimagem do Centro Estadual de Oncologia (Cican). Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Novo Setor de Bioimagem do Centro Estadual de Oncologia (Cican).
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Rui ainda disse que o modelo de gestão deve ser estendido para unidades de saúde do interior. “Estamos buscando ampliar [os serviços oncológicos] no interior do estado. Estamos finalizando a unidade de oncologia construída em Juazeiro e pretendemos implantar no hospital de Caetité uma unidade regional de oncologia também num processo de concessão de PPP. Um tratamento de câncer é sempre muito doloroso para o paciente e para a família. Portanto, quanto mais conforto, dignidade, qualidade o setor público conseguir dar no atendimento, melhor. Parte dessa qualidade está associada a você oferecer o serviço mais próximo de onde a pessoa mora. Para que o paciente, após o tratamento, possa voltar para o conforto da sua casa, recebendo os cuidados e o carinho da sua família”.

Fonte: SECOM



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.