politica

sexta-feira, 08 de abril de 2016 15:17

Votação das contas do prefeito e péssimas condições da rodovia BA 120 pautaram Sessão da Câmara Municipal de Santaluz nesta sexta

Os principais assuntos foram relacionados a aprovação das Contas do prefeito exercício 2013 e a situação de péssima condições que se encontra trechos da BA 120.

sessão da camara em santaluz 08-04-16- foto-raimundo mascarenhas - 1

Dois assuntos praticamente pautaram a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santaluz na manhã desta sexta-feira,08, a votação das contas do gestor público que ganhou grande repercussão quando os vereadores de oposição ‘desmentiram’ a versão de um site local quando publicou uma matéria que a Câmara Municipal havia aprovado as contas do prefeito Zenon Nunes exercício 2013.Um dia após, a assessoria do prefeito encaminhou nota a redação do Calila mostrando inclusive documentos que a noticia tem fundamento que as contas do gestor foram aprovadas inclusive com apoio da oposição.

Vereadores de oposição admitem que aconteceu aprovação, mas por bancada ter minoria na Casa

sessão da camara em santaluz 08-04-16- foto-raimundo mascarenhas - 2

Bancada de oposição é maioria, mas na sessão desta sexta muitos não foram e quantidade esteve idêntica.

Após a assessoria da Prefeitura mostrar provas de que realmente houve a aprovação das contas do prefeito na sessão do dia 2/4, os vereadores no uso da Tribuna ou em entrevista ao Calila Noticias admitiram que aconteceu a aprovação, não por vontade da bancada, não por entender que a gestão age com lisura, mas por ser minoria na Câmara.

Vereador Luizão disse que contas realmente foram aprovadas, mas não pelos vereadores de oposição como o prefeito tentou passar.

Vereador Luizão disse que contas realmente foram aprovadas, mas não pelos vereadores de oposição como o prefeito tentou passar.

O vereador Luiz dos Santos Silva “Luizão” explicou que a nota enviada ao CN foi um pouco equivocada quando negou a aprovação, assim como houve equivoco da nota enviada pelo prefeito também ao Calila e a divulgação no site Noticias de Santaluz afirmando que todos os vereadores aprovaram as contas.” O que aconteceu foi que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou as contas do prefeito exercício 2013  e depois disso mandou pra Câmara pra analisar o parecer do tribunal, só que quando chegou nessa casa, os vereadores de oposição, quatro votaram contra, um se absteve e o restante votou a favor, e o site daqui publicou junto com o prefeito uma informação que os vereadores aprovaram, na verdade, quem aprovou foi a bancada do prefeito que é maioria”, explicou Luizão.

Luizão explicou também a situação do vereador Sérgio Suzart que é um dos membros da Comissão de Finanças e Orçamento, só que é da bancada de oposição e assinou dando parecer da comissão, mas o parecer da comissão é uma coisa e a votação do parecer é outra”, justificou Luizão.

Sérgio Suzart disse que assinar o parecer estando na condição de membro de uma comissão não quer dizer que ele está aprovando as contas.

Sérgio Suzart disse que assinar o parecer estando na condição de membro de uma comissão não quer dizer que ele está aprovando as contas.

O edil quis explicar e ao mesmo tempo tirar a culpa de Sérgio Suzart por ter assinado o parecer favorável,  para ele se não tivesse assinatura, as contas do prefeito seriam aprovadas do mesmo jeito, pois venceu com maioria simples, e garantiu que Suzart votou contra as contas do gestor.” Assinar é uma coisa, votar é outra”.

Sérgio Suzart por motivos de força maior só chegou a Câmara na metade para o fim da sessão, e fez uma justificativa em plenário muito parecido do que relatou o vereador Luizão, quando afirmou que assinou o parecer e não a aprovação das contas do gestor, quando ele ao divulgar o documento deixou transparecer que aquela assinatura representava seu voto favorável a suas contas.

Já o vereador Paulo Crespo “Paulão” preferiu usar as redes sociais para falar sobre a postura do colega Sérgio Suzart, segundo ele, o único erro cometido por Suzart foi que, “em nenhum momento colocou-se favorável a aprovação do Decreto Legislativo em referência, foi justamente não exigir que fosse acrescentado ao parecer a sua opinião contrária como também apresentando as suas razões, apesar de ter se manifestado”.

Por fim, a oposição toda entendeu que por ter maioria, o gestor foi favorecido, assim como nas contas futuras, caso o a Câmara seja mantida como está e o tribunal envie as contas com aprovação.

Os vereadores da situação praticamente ouviram as justificativas da oposição e não fizeram uso da tribuna para debater o assunto.

Situação caótica da BA 120

Vereador Dida (PMDB) pediu empenho aos deputados votados na região para que o Governo passe olhar mais pela região sisaleira.

Vereador Dida (PMDB) pediu empenho aos deputados votados na região para que o Governo passe olhar mais pela região sisaleira.

Outro assunto foi em relação a precariedade que se encontra os trechos da rodovia BA 120 quem ligam Santaluz a Itiúba e Santaluz a Conceição do Coité. Os parlamentares ao usarem a tribuna criticaram a falta de atenção que o Governo do Estado tem dado a região do sisal, tendo o trecho para Queimadas, Cansanção, Itiúba e Monte Santo mais crítico. Vale ressaltar que a extensão da BA 12o que liga Coite a Monte Santo é de 163 km.

Mas enquanto os edis questionavam a precariedade da estrada uma frente de serviço estava realizando um tapa buraco, mas um tanto distante de Santaluz, a equipe estava no Povoado de Santa Rosa, em Conceição do Coité, distante 40 km de Santaluz e ainda mais distante dos pontos mais críticos, ou seja, entre Santaluz e Queimadas.

Redação CN / Fotos: Raimundo Mascarenhas

 

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.