brasil

terça-feira, 28 de junho de 2016 10:23

Desvio de dinheiro da Lei Rouanet pagou até casamento em Jurerê Internacional

Operação Boca Livre descobriu que os suspeitos faziam shows com artistas famosos em festas particulares para grandes empresas e até casamento de investigado

A Polícia Federal investiga desvios de dinheiro federal concedidos para projetos culturais pela Lei Rouanet em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Uma operação foi montada na manhã desta terça-feira (28) para cumprir 51 mandados, entre prisões temporárias e mandados de busca e apreensão, em sete cidades.

Chamada de Operação Boca Livre, a ação da PF vai apurar uma quadrilha que atuou dentro do Ministério da Cultura por cerca de 20 anos. Segundo o G1, o grupo criminoso conseguiu aprovação de R$ 170 milhões em projetos.

Segundo informações divulgadas pela PF, os desvios eram feitos através de superfaturamento, notas fiscais de serviços e produtos fictícios, projetos duplicados e contrapartidas ilícitas. Ainda de acordo com o G1, diversos projetos de teatro itinerante voltados para crianças carentes deixaram de ser executados. Livros que deveriam ser doados a escolas e bibliotecas públicas também nunca foram entregues.

Com o dinheiro, os suspeitos faziam shows com artistas famosos em festas particulares de grande empresas e até festa de casamento de um dos investigados na Praia de Jurerê Internacional, em Santa Catarina. Os suspeitos responderão por organização criminosa, peculato, estelionato contra União, crime contra a ordem tributária e falsidade ideológica. As penas chegam a doze anos de prisão.

Fonte:Correio24horas



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

  • + LIDAS