nova-fatima

quarta-feira, 10 de agosto de 2016 21:57

Bacia do Jacuípe : dois vice-prefeitos disputarão a reeleição, mas em palanques diferentes de 2012

Se politica for igual a futebol quando um jogador sai do Flamengo para o Vasco, Bahia para o Vitória ou vice versa, tendo papel estratégico muito grande na campanha no momento de conquistar o voto

Carlos "já se sente em casa" no novo grupo

Carlos “já se sente em casa” no novo grupo

Dois atuais vice-prefeitos das cidades de Pintadas e Nova Fátima, ambas no Território da Bacia do Jacuípe, vão concorrer a reeleição, só que desta vez pelo grupo de oposição dos referidos municípios. Carlos Alberto eleito em 2012, vice de “Curujão” no município de Pintadas por exemplo, rompeu com o grupo liderado pela deputada estadual e candidata a prefeita Neusa Cadore (PT) e foi para o palanque de Batista da Farmácia (DEM), onde aceitou a proposta de compor a chapa do grupo que tem como principal líder Gervásio Nunes. Carlos está filiado ao PSB.

Assis disse que foi injustiçado no grupo onde se tornou político

Assis disse que foi injustiçado no grupo onde se tornou político | Foto: Raimundo Mascarenhas

Em Nova Fátima quem agiu da mesma forma foi o vice Assis Porto (SD) que aceitou o convite feito pelo grupo de oposição liderado pelo ex-prefeito Manoel dos Santos, conhecido por Manoel do Paradaíse (PT), que está apoiando o vereador Adriano (PP) para prefeito. Assis era um dos principais aliados do prefeito Amado Cunha, mas hoje seu desejo é somente um, derrotá-lo.

Se política for igual a futebol, quando um jogador sai do Flamengo para o Vasco, Bahia para o Vitória ou vice versa, o recém chegado tem  papel estratégico muito de informar sobre o ex-clube, assim poderá ser na campanha no momento de conquistar o voto. A união das oposições para disputar uma eleição já é considerada forte, e a união de situação com oposição pode ser ainda mais.

Eduardo conheceu "os dois lados da moeda", não se sabe quem mais lhe agradou

Eduardo conheceu “os dois lados da moeda”, não se sabe quem mais lhe agradou | Foto: Raimundo Mascarenhas

No município de Valente aconteceu isto, em 2008 Eduardo Cedraz  concorreu a vaga de vice de Ubaldino Amaral (PR) e foi eleito, derrotando Ismael Ferreira (PT) mas rompeu com o gestor. Na campanha seguinte foi para o palanque de Ismael Ferreira e depois de conversas aceitou o convite para sair candidato a vice do petista e mais uma vez conseguiu se eleger, mas, assim como aconteceu com Ubaldino, Eduardo não concluiu o mandato ao lado de Ismael.

Para esta eleição ele andou colocando seu nome para disputa na condição de prefeito, mas não deu certo e deverá apoiar algum candidato.

Redação CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: