conceicao-do-coite

sábado, 06 de agosto de 2016 22:25

Coité – Durante convenção do PT/PSD Assis presta contas do mandato e rebate críticas dos adversários

Assim como aconteceu na convenção dos adversários, o ginásio de esportes foi totalmente ocupado por pessoas que desejam a continuidade de Assis no Governo.

convenção de assis e val - 7

Ginásio de Esportes completamente lotado | foto: Raimundo Mascarenhas

Quem vive e acompanha a politica partidária coiteense já podia imaginar como seria a convenção do PT/PSD e demais partidos aliados do grupo da situação no município. A homologação da candidatura do atual prefeito Francisco de Assis (PT) a reeleição e da presidente municipal do PSD Mulher Genivalda Pinto da Silva, popularmente conhecida por Val de Alex da Piatã na vice, aconteceu cinco dias depois da convenção que homologou os nomes dos ex-prefeitos Vertinho (DEM) e Renato (PRB) marcada por muita critica ao governo municipal.

A militância cantou e dançou do inicio ao fim as musicas da campanha passada e conheceram as novidades para este ano | foto: Raimundo Mascarenhas

A militância cantou e dançou do inicio ao fim as musicas da campanha passada e conheceram as novidades para este ano | foto: Raimundo Mascarenhas

A convenção do PT/PSD aconteceu no mesmo local utilizado pelo DEM/PRB, ou seja Ginásio de Esportes. Os opositores na ocasião criticaram bastante o governo petista no domingo 31/07 e na noite de sexta-feira, 05, o deputado Alex da Piatã e o prefeito Assis, fizeram discursos rebatendo as criticas e prestando contas de três anos e sete meses de governo.

Alex em 2012 esteve na disputa e venceu ao lado de Assis e está empenhado agora para eleger a esposa junto com Assis | foto: Raimundo Mascarenhas

Alex em 2012 esteve na disputa e venceu ao lado de Assis e está empenhado agora para eleger a esposa junto com Assis | foto: Raimundo Mascarenhas

O deputado Alex da Piatã disse lamentar o que chamou de discurso arcaico do ex-prefeito Renato Souza, quando disse que seu vizinho, prefeito Assis não prestava, porque não vê ninguém na porta da sua casa, como acontecia com ele e outros membros do seu conjunto político. “Ninguém gosta de se humilhar em porta de prefeito. No Coité do passado a gente via isso. Se ninguém bate mais na porta do prefeito é sinal de que os serviços públicos coiteenses funcionam a tal ponto de que não é necessário passar as madrugadas sentados nos batentes das calçadas para poder mendigar uma ordem ou assinatura”, afirmou.

Para o presidente do PSD de Coité, Renato sente falta da humilhação e da população no cabresto. “Esse tipo de cena não veremos mais”, concluiu.

convenção de assis e val - 8

O prefeito Assis citado bastante nos discursos oposicionistas comentou e lamentou e o raciocínio do ex-prefeito. Porém fez um comentário mais acentuado sobre as criticas do deputado estadual Tom Araújo (DEM) quando afirmou que nos quatro anos que Renato Souza esteve a frente da administração de Coité morria nos hospitais de Coité em media 65 pessoas e que no seu governo esse número dobrou para 130.

Assis rebateu as criticas dos adversários e mostrou ao público o que "eles não falaram de bom" do seu governo

Assis rebateu as criticas dos adversários e mostrou ao público o que “eles não falaram de bom” do seu governo

“Eu não entendi como o deputado levantou essas pesquisas para fazer comparação. Como podia morrer gente no governo deles se nem hospital tinha, que preocupação ele tinha pra falar de mortes e apresentar números, enquanto nós apresentamos números de vidas, foram mais de três mil crianças que nasceram nos hospital que eles fecharam e nos reabrimos, é preciso que respeitemos os mortos, mas vamos celebrar a vida”, disse Assis.

O gestor ao falar sobre as conquistas do seu governo apresentou muita coisa que segundo ele encontrou destruída ou abandonada pela gestão do “grupo que governou Coité por 40 anos. Nós poderíamos falar do Almoxarifado que só tinha sucatas, das escolas funcionando precariamente, dos funcionários que não tinham seus direitos respeitados, dos tanques e açudes entupidos, do sofrimento que as pessoas viviam nas filas dos postos de saúde. Nós poderíamos falar da crise, da queda de receita que dificultou a gestão de qualquer prefeito, governador e até presidente. Estado rico como Rio de janeiro e Rio Grande do Sul não conseguem pagar salários”, ressaltou o prefeito.

Assis disse que com toda dificuldade enfrentada vem transformando Coité. “ Mas se você percorrer Conceição do Coité, chegar na rodoviária hoje e se recordar de como era ela, se precisar de um posto de saúde ou de um hospital e se lembrar de como era a saúde, se passear pelas ruas da cidade e verificar que existe asfalto e praças. Se você for até mesmo, pra não dizer que a gente não falou deles, se você for até o cemitério vai ver que a Praça da Rua da Padre é outra”, finalizou Assis que durante seu discurso falou ainda do CQC, educação, reforma do estádio, agricultura entre outras ações.

Aniversariante assoprou a velinha em plena convenção | Foto: Raimundo Mascarenhas

Aniversariante apagou a velinha em plena convenção | Foto: Raimundo Mascarenhas

A candidata à vice-prefeita Val foi aniversariante do dia que marcou sua candidatura pela primeira vez, para ela não podia ter um presente maior quando milhares de vozes cantaram parabéns. Disse que foi convocada para ajudar Assis em sua administração e vai com toda garra.

Val disse que vai se unir as mulheres para fazer uma grande campanha | Foto: Raimundo Mascarenhas

Val disse que vai se unir as mulheres para fazer uma grande campanha | Foto: Raimundo Mascarenhas

Ainda com discurso tímido, pois embora tenha passado por três campanhas politicas indiretamente nas campanhas disputadas pelo esposo Alex da Piatã, para ela é a primeira experiência, mas sabe da sua capacidade e ajudará Assis vencer a eleição no dia 2 de outubro.

Aproveitou o momento para mexer com o sentimento feminino, numa demonstração que vai trabalhar firme em favor dos benefícios às mulheres, ela convocou as secretarias do atual governo apresentou a força feminina do Governo Assis e disse que está chegando para somar forças dessa classe que tem participação importante na política.

Ricardo foi levar o recado do seu pai e aproveitou para dar o recado dele | foto: Raimundo Mascarenhas

Ricardo foi levar o recado do seu pai e aproveitou para dar o recado dele | foto: Raimundo Mascarenhas

O ato contou também com a presença dos vereadores com mandato que apoiam o governo municipal, candidatos de todos os partidos da coligação, no total de 30 assim como alguns candidatos do “Chapão” formado por candidatos independentes, Afonso Florence deputado federal e líder do PT no Congresso Nacional, Leonardo Silva médico que esteve contado como vice na chapa de Assis, Cléber Couto que esteve lançando sua candidatura a prefeito e desistiu recentemente, Ricardo Ferreira filho do ex-prefeito Misael Ferreira que não compareceu, mas ele disse que estava ali para representá-lo. “Estou aqui nesse palanque por um motivo Assis, você ter o titulo de prefeito mais transparente da Bahia”, afirmou.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.