mundo

segunda-feira, 15 de agosto de 2016 11:14

Ex-bispo denuncia suposto esquema ilegal no exterior mantido pela Igreja Universal

Alfredo Filho relata ter sido responsável pela Universal em Portugal entre os anos de 2002 e 2009 e um dos principais auxiliares de Macedo durante 10 anos

Foto: divulgação/ Igreja Universal

Foto: divulgação/ Igreja Universal

Desligado da Igreja Universal do Reino de Deus desde 2013, o ex-bispo Alfredo Paulo Filho denunciou um suposto esquema ilegal de envio de recursos da África para Portugal, sem declarações na origem ou no destino. De acordo com o ex-bispo, os dólares eram resultado Fogueira Santa de Israel, em Angola, que arrecadava cerca de R$ 13 milhões por ano – destes, R$ 5 milhões eram despachados de carro até a África do Sul e, sem seguida, em jatinho particular do bispo Edir Macedo para Portugal.

À Folha de S. Paulo, Alfredo Filho relata ter sido responsável pela Universal em Portugal entre os anos de 2002 e 2009 e um dos principais auxiliares de Macedo durante 10 anos. Segundo o ex-bispo, os recursos eram utilizados para manter o funcionamento das unidades da igreja na Europa. “Sabia que era ilegal porque era escondido. Mas, na concepção da igreja, aquilo vale porque estamos fazendo para desenvolver a obra de Deus. O bispo Macedo já falou várias vezes em reunião de pastores que, para a obra de Deus, vale até gol de mão”, afirmou Alfredo Filho. Apesar da denúncia à imprensa, o ex-bispo não protocolou nenhum documento no Ministério Público ou formalizou a denúncia para autoridades policiais. A Universal informou que não vai se pronunciar sobre o caso e que “prepara um processo judicial contra o ex-bispo” por calúnia e difamação.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.