bahia

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 11:28

Ipecaetá: ex-prefeito é acusado por desvio de mais de R$ 600 mil

A ação civil pública foi encaminhada na quinta-feira (11).

Ailton Souza Silva foi acusado de fraudar licitações com recursos do Pnate

Ailton Souza Silva foi acusado de fraudar licitações com recursos do Pnate

O ex-prefeito de Ipecaetá, no Portal do Sertão, Ailton Souza Silva foi acusado de fraudar licitações com recursos do Pnate [Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar]. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), em Feira de Santana, o ex-gestor, junto com outras cinco pessoas, incluindo o ex-procurador do município Fredson dos Santos, causaram prejuízo de R$ 623,3 mil aos cofres públicos, em 2010. A ação civil pública foi encaminhada na quinta-feira (11).

De acordo com o documento, Silva cometeu irregularidades em processos licitatórios para favorecer Márcia Valéria de Brito Siade, José Pereira Macedo, Reny Barbosa de Santana e Girlon Batista Machado Gomes — todos donos de empresas de fachada para transporte escolar. Ainda segundo a ação, os empresários não tinham sequer veículos próprios ou funcionários para executar o serviço.

Para o procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior, “são contundentes os indícios de que as empresas foram criadas com a intenção de fraudar licitações e desviar verbas públicas.” O órgão requereu à Justiça Federal que todos os réus — incluindo as empresas de fachada — sejam condenados de acordo com as sanções previstas nos incisos II e III do art. 12 da Lei nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa): ressarcimento integral do dano; perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos; pagamento de multa civil; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

Bahia Notícias



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.