politica

domingo, 07 de agosto de 2016 14:16

Valente – Vereador fica sem palanque depois que seu partido PMDB resolveu apoiar o PSDB

O parlamentar vai tentar a reeleição sem subir em palanques, mas garantiu apoio a reeleição de Ismael Ferreira

Zé de Zeli disse que gosta do PMDB, mas é um homem de palavra | Foto: Teones Araújo

Zé de Zeli disse que gosta do PMDB, mas  “é um homem de palavra” | Foto: Teones Araújo

O vereador José Robson Duarte Cunha, mais conhecido por Zé de Zeli, o mais votado no pleito de 2012 para vereador, obtendo 1.019 votos (6,74%), decidiu não acompanhar o presidente do partido no município, o vereador Gabriel Oliveira Mota na decisão de coligar com o PSDB.

Zé de Zeli falou ao CN que respeita e gosta de pertencer o PMDB, mas lembrou de que havia um acerto da legenda se coligar com o PT e apoiar a reeleição de Ismael Ferreira (PT) para prefeito, mas por uma questão pessoal, Gabriel Mota optou pelo PSDB que apoia a chapa Marcos Adriano e Regi Mota, e ele não acompanhará nesta decisão.

Segundo Zé de Zeli, o PMDB queria indicar o nome do vice-prefeito de Ismael Ferreira (PT) e Gabriel Mota pleiteava ser, mas depois de muitas conversas com outros partidos que fazem parte da coligação, o escolhido foi o presidente do PSD, Timóteo Almeida, fato que contrariou o vereador Gabriel e por não concordar optou pela mudança do “lado politico”, indo para o grupo que sempre fez oposição.

O pemedebista afirmou que é um homem de palavra e gosta de honrar seus compromissos e decidiu, mesmo com as fará uma campanha sem palanque. Esta decisão fez com que Zé de Zeli fosse recebido de forma calorosa pelos militantes e apoiadores dos partidos que apoiam a reeleição de Ismael Ferreira no inicio da noite de sexta-feira (05), quando homologou a chapa PT/PSD.

Ao ser citado pelo deputado Alex da Piatã valorizando seu comportamento, a plateia aplaudio de pé, emocionando o vereador que vai tentar seu segundo mandato. Além de Zé, Nelton Ramos também disputará uma vaga para vereador pelo PMDB e reagiu da mesma maneira, ficará sem palanque e apoiará o petista.

Gabriel Mota não disputará a reeleição. O CN não encontrou Gabriel Mota até o momento do fechamento desta matéria para ouvi-lo, deixando espaço aberto para esclarecimento da sua posição.

Redação CN  



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.