riachao-do-jacuipe

sexta-feira, 02 de setembro de 2016 18:52

Alunos, amigos e familiares da professora Ienata, assassinada vão às ruas em passeata cobrando o andamento do caso

Tido como principal suspeito, o noivo da professora depois de cumprir prisão preventiva foi liberado por falta de provas concretas

Familiares estão preocupados que o caso caia no esquecimento

Familiares estão preocupados que o caso caia no esquecimento

A manhã de sexta-feira (2) foi palco de um ato promovido por alunos, professores amigos e parentes da professora Ienata Rios, assassinada no inicio do mês de julho deste ano na cidade de Riachão do Jacuípe, uma passeata tomou as ruas da cidade pedindo celeridade do caso e resultados concretos dados pela justiça.

O ato teve início as 10h em frente à delegacia da cidade, onde centenas de alunos juntos com professores se organizaram para sair em passeata, alguns formaram uma comissão com dois parentes da professora para falar com o delegado titular Sérgio Vasconcelos, eles foram recebidos e pediram mais explicações e detalhes atualizados do caso.

Ienata muito querida entre seus alunos

Ienata muito querida entre seus alunos

O delegado informou que os resultados de alguns laudos da perícia precisaram ser refeitos para a contra prova, e também surgiram novas pistas do caso, além dos exames de provas encontradas no local do crime, resultados que demoram e demandam tempo para serem entregues.

O silêncio e esfriamento do caso nos últimos dias causou preocupação em amigos e parentes de Ienata, o que provocou esse protesto. Após falarem com o delegado, a comissão juntamente com todos que estavam em frente a delegacia saíram em caminhada até o centro de Riachão, alunos do CETEP, professores, alunos das escolas que Ienata deu aulas em Pé de Serra, Riachão e Coité, alguns com cartazes que pediam mais agilidade nos resultados e também pediam por justiça.

O ato finalizou na praça Landulfo Alves no palco fixo, onde todos deram as mãos formando um circulo, para rezar por Ienata, no carro de som as musicas de Legião Urbana, banda favorita da professora, ela que esteve no show desta banda 24hs antes de sua morte. A emoção e tristeza tomou o rosto de todos, lagrimas vieram aos olhos, as lembranças e choro falaram por si toda a saudade que a ausência de Ienata representa a todos que conviveram com ela.

Fonte: Hora da Verdade

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.