bahia

segunda-feira, 12 de setembro de 2016 17:19

Barrocas: traficante é morto em confronto com policiais da CETO

O suspeito resistiu à prisão e trocou tiros com a equipe da CETO, foi baleado e socorrido para o Hospital Municipal José Maria de Magalhães Neto, em Barrocas, mas não resistiu aos ferimentos.

Wellington Ferreira foi morto em confronto com policiais militares

Wellington Ferreira foi morto em confronto com policiais militares

O traficante Wellington Ferreira Mota, o “Galego”, de 22 anos, foi morto na madrugada desta segunda-feira (12), após confronto com militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º Batalhão de Polícia Militar.

Em poder do criminoso foi apreendido um revólver calibre 38, com quatro munições deflagradas e duas intactas, 18 papelotes de cocaína, um tablete de maconha, 9 porções menores da mesma droga, aparelhos celulares e dinheiro.

De acordo com a PM, a ação ocorreu no povoado de Lagoa da Cruz, zona rural de Barrocas, onde Wellington estava escondido. Ele resistiu à prisão e trocou tiros com a equipe da CETO, foi baleado e socorrido para o Hospital Municipal José Maria de Magalhães Neto, em Barrocas, mas não resistiu aos ferimentos.

O criminoso era apontado como o responsável por uma troca de tiros dentro do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, no dia 27 de janeiro de 2014.

Na época, Wellington invadiu a unidade de saúde para matar o também traficante Denilton Santos de Jesus, o “Xéxeu”. A briga entre os dois teria começado durante uma troca de tiros com traficantes rivais na localidade conhecida como Morro, no bairro de Narandiba, em Salvador.

Os disparos efetuados dentro do hospital acabaram atingindo uma funcionária da unidade, que foi atendida na própria instituição médica. O corpo do criminoso foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). A ocorrência foi registrada na Delegacia Territorial de Serrinha.

Portal Clériston Silva



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: