conceicao-do-coite

terça-feira, 20 de setembro de 2016 00:50

Coité – Vertinho não comparece em evento para expor suas propostas e Assis disse que ele perdeu grande oportunidade de lhe ‘desmascarar’

O candidato disse que se é chamado de mentiroso nos palanques, por que motivo não compareceu para dizer ao povo na sua presença

Evento foi aberto com a Orquestra Santo Antônio que tocou os hinos nacional e do município | Foto: Raimundo Mascarenhas

Evento foi aberto com a Orquestra Santo Antônio que tocou os hinos nacional e do município | Foto: Raimundo Mascarenhas

O Centro Noturno de Educação da Bahia – CENEB que funciona no Colégio Polivalente de Conceição do Coité promoveu na noite de segunda-feira, 19, no Centro Cultural Ana Rios de Araújo, um momento de exposição das propostas de Governo dos candidatos a prefeito. Convidou o atual prefeito e candidato a reeleição Francisco de Assis (PT) da Coligação Avante Coité e Éwerton Rios (DEM) pela Coligação “AVoz do Povo”. Assis compareceu, mas seu adversário não e nem justificou o motivo.

participaram da mesa a diretora do CENEB Rosângela Ramos, as vice diretoras Valdemara Souza e Rita Tarcisa, secretária de Educação Perpétua Sampaio, estudante Otniele Mota e professora Margarida Gomes e Zenaide dos Reis Silva | Foto: Raimundo Mascarenhas

Participaram da mesa a diretora do CENEB Rosângela Ramos, as vice diretoras Valdemara Souza e Rita Tarcisa, secretária de Educação Perpétua Sampaio, estudante Otniele Mota e professora Margarida Gomes e Zenaide dos Reis Silva e o cerimonial ficou por conta dos professores Gildo e Ostileide  |  Foto: Raimundo Mascarenhas

Apesar de bastante divulgado pela população que seria um debate entre os candidatos, o CENEB sempre divulgou como momento de exposição das propostas, cujo evento era a culminância de um projeto realizado com os professores e alunos, sobre políticas públicas para os jovens coiteenses e o regulamento previa na primeira parte no tempo de até 30 minutos, o candidato falar livremente de ações e propostas.

debate-do-ceneb-4-foto-raimundo-mascarenhas

Assis aproveitou para fazer uma breve retrospectiva de suas ações em quase quatro anos de Governo | Foto: Raimundo Mascarenhas

Os estudantes que eram público alvo tiveram prioridade na ocupação das cadeiras, e diante da expectativa criada de grande presença de público, a coordenação providenciou um telão que foi instalado na área externa do centro cultural, permitindo que as pessoas que não tiveram acesso, acompanhassem o monólogo de Assis.

Assis disse que nuca faltou a um debate e lamentou a ausência do seu adversário | foto: Raimundo Mascarenhas

Assis disse que nuca faltou a um debate e lamentou a ausência do seu adversário | foto: Raimundo Mascarenhas

O candidato a reeleição iniciou falando de sua mãe que é natural de Coité, precisamente do Distrito de Juazeirinho e seu pai do Distrito de Barreiros, Riachão do jacuípe, mas viveu mais em Coité que em sua localidade natal, quando ainda cedo veio para Coité e ficou na casa de sua madrinha. A partir dai estudou, passou no concurso da Caixa e descobriu que tinha um amor muito grande pela terra, tendo achado propostas para trabalhar em outras cidades mas preferiu ficar, veio o casamento com uma coiteense e o nascimento dos dois filhos. Em seguida falou do inicio de sua trajetória politica.

Plateia se comportou em silêncio, mas teve momentos que vibrou com as respostas do candidato | foto: Raimundo Mascarenhas

Plateia se comportou em silêncio, mas teve momentos que vibrou com as respostas do candidato | foto: Raimundo Mascarenhas

Trinta minutos parecia pouco para Assis, falando de saúde, levou um panfleto que segundo ele a oposição distribuiu o culpando pelo aumento de mortes na cidade, assim como a evolução nas doenças tipo diabetes, câncer, problemas respiratório entre outras.” Eles alegam que no meu governo aumentaram os óbitos nos hospitais, se levarmos em consideração que temos dois hospitais funcionando a morte de forma natural acontece, no tempo deles que fecharam um hospital não tinha como morrer ninguém mesmo,  morria fora ou na estrada durante a transferência. Se eu quisesse diminuir os óbitos eu fecharia os dois hospitais e certamente diminuiria os óbitos como eles fizeram, mas isso eu não faço”, frisou.

Area externa do Centro Cultural também recebeu grande público | foto: Raimundo Mascarenhas

Area externa do Centro Cultural também recebeu grande público | foto: Raimundo Mascarenhas

O candidato disse que preferia era falar de vida, que segundo ele esse mesmo hospital que os adversários fecharam foi reaberto no seu governo e em três anos mais de três mil crianças nasceram. Assis falou dos investimentos na educação, cultura, esporte, infraestrutura e demais setores. Falou até do seu comportamento considerado por muitos pessoa grosseira, mas tranquilizou que seu tom de voz na representa o respeito e o carinho que tem para com as pessoas.

Cadeiras reservadas para os candidatos a prefeito e vice da Coligação A Voz do Povo

Cadeiras reservadas para os candidatos a prefeito e vice da Coligação A Voz do Povo

O candidato disse lamentar a ausência do opositor e que ele perdeu uma grande oportunidade de lhe desmascarar, já que nos programas de rádio e nos comícios vive lhe chamando de mentiroso.”Um homem culto de grande experiência poderia está aqui diante desse grande público para me desmascarar, porque não veio? Eu não fujo a nenhum debate, tinha agenda hoje em Salgadália mas pedi a Val candidata a vice que fosse, pois jamais deixaria de participar, só que acabou no monólogo, mas confesso que gostaria que o adversário estivesse. Costumam dizer que o candidato que está na frente não precisa ir a debate, e eu mesmo estando vou a todos que for convidado”, afirmou.

Assis disse que candidato que está melhor nas pesquisas não vai a debate, mas isso não acontece com ele que não perde nenhum

Assis disse que candidato que está melhor nas pesquisas não vai a debate, mas isso não acontece com ele que não perde nenhum

Após falar para um auditório lotado, Assis passou a responder as perguntas elaboradas pelos estudantes com temas diversos e em seguida fez as considerações finais pedindo para os jovens não deixarem de se envolver na política, pois precisa transformar e se isso não fizer permitirá que os maus políticos continuem mandando.

Falou também de um assunto que os adversários tem batido muito, a não presença de pessoas na porta da casa dele e que o acusam de politico que não gosta de pobre.O que aconteceu foi que melhoramos as secretarias que atendem as pessoas e não precisam mais irem a casa do prefeito se humilharem, pois já resolve tudo como marcação de exames, consultas, viagem para Salvador sem precisar ficar me devendo favor. Nasceram mais de três mil crianças no Hospital Municipal e nenhuma mãe me deve favor”, concluiu.

Da esquerda para a direita: Valdemara, Rosângela e Rita | foto: Raimundo Mascarenhas

Da esquerda para a direita: Valdemara, Rosângela e Rita | foto: Raimundo Mascarenhas

Para Rosângela Ramos da Silva, diretora do Centro de Educação, o evento correspondeu as expectativas, mas poderia ser mais completo se o candidato Vertinho tivesse participado para apresentar suas propostas, pois o mesmo espaço de tempo dedicado a Assis ele teria, assim como as perguntas elaboradas pelos alunos feitas a Assis serviriam para ele também. “Quanto a participação do povo e a qualidade do evento, acho que todos que vieram gostaram. Queremos deixar bem claro que não teve nenhuma intenção política, foi promovido por um colégio estadual que nada tem a ver com o município, e não tinha nenhuma conotação para elevar o nome de nenhum candidato e a nossa intenção era trazer os dois aqui para falar para os alunos”, conclui a diretora.

Após o evento os participantes saíram em passeata| foto: Raimundo Mascarenhas

Após o evento os participantes saíram em passeata| foto: Raimundo Mascarenhas

Após o evento os participantes que acompanharam as propostas de Assis no auditório se juntaram aqueles que ficaram na área externa e saíram em passeata acompanhado o paredão.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.