bahia

quinta-feira, 01 de setembro de 2016 23:50

Depois de percorrer mais de 200 km Fogo Simbólico chega a Serrinha

O Fogo Simbólico representa a abertura da semana da pátria na região sisaleira, assim como a Tocha Olímpica simboliza os jogos olímpicos

Luiz da Bicicleta aos 70 anos, corre juntamente com garotos de 15 | Foto: Raimundo Mascarenhas

Luiz da Bicicleta aos 70 anos, corre juntamente com garotos de 15 | Foto: Raimundo Mascarenhas

A Corrida do Fogo Simbólico da Pátria chegou a 47ª Edição neste ano 2016. O ato cívico idealizado no ano de 1969 por um grupo de ilustres serrinhenses, hoje com muita honra conta com um desses, Luiz Silva Pereira, popularmente conhecido como Luiz da Bicicleta, que aos 70 anos e dois meses de idade, mostra grande capacidade e vigor físico para correr e coordenar a corrida.

Secretária de Educação e Esporte de Coité, Perpétua Sampaio ultima condutora da tocha em Serrinha | Foto: Raimundo Mascarenhas

Secretária de Educação e Esporte de Coité, Perpétua Sampaio ultima condutora da tocha em Serrinha | Foto: Raimundo Mascarenhas

O Fogo Simbólico representa a abertura da semana da pátria na região sisaleira, assim como a Tocha Olímpica simboliza os jogos olímpicos. De acordo com Luiz, este ano houve uma redução no número de municípios participantes, muitos prefeitos alegaram dificuldades financeiras e deixaram de participar, mesmo assim, como acontece todos os anos, uma equipe de cerca de 20 atletas saiu da cidade de Serrinha na quarta-feira, 31, com destino a cidade de Queimadas onde pernoitou. Na quinta (1º) se deslocou até a cidade de Cansanção, Nordestina, Queimadas, Santaluz, Valente, Conceição do Coité e chegou em Serrinha por volta das 19h30.

Como nos Jogos Olímpicos, a pira do Fogo Simbólico acesa é bastante festejada | foto: Raimundo Mascarenhas

Como nos Jogos Olímpicos, a pira do Fogo Simbólico acesa é bastante festejada | foto: Raimundo Mascarenhas

Os atletas de Conceição do Coité fizeram o percurso de 36 km até a Praça Luiz Nogueira em Serrinha onde na oportunidade a secretária de Educação e Esporte do Município de Coité Perpétua Sampaio, passou a tocha para o secretário de Esportes de Serrinha, conhecido por “Nicaninha” que usou a mesma para acender a pira instalada ao lado do coreto, devendo permanecer acesa até o Dia 7 de Setembro.

Atletas orgulhosos por terem cumprido a missão de amor a pátria | Foto: Raimundo Mascarenhas

Atletas orgulhosos por terem cumprido a missão de amor a pátria | Foto: Raimundo Mascarenhas

O coordenador Luiz da Bicicleta contou a historia do Fogo Simbólico e disse que faz parte de sua vida, pois graças a essa atividade ele permanece praticando esportes, recentemente participou da corrida Duque de Caxias na cidade de Jacobina e ficou em primeiro lugar na sua categoria. Aproveitou para agradecer aos prefeitos, secretários e atletas de todos o municípios que participaram este ano.

Luiz da Bicicleta disse que só para quando "fechar os olhos". Secretário de Administração Jivaldo Oliveira representou o prefeito Osni

Luiz da Bicicleta disse que só para quando “fechar os olhos”. Secretário de Administração Jivaldo Oliveira representou o prefeito Osni. Tiro de Guerra e Guarda Municipal têm papel importante no apoio ao ato cívico | Foto: Raimundo Mascarenhas

Veteranos do Fogo

Amarildo (E) e Washington correm ha cerca de 35 anos | foto: Raimundo Mascarenhas

Amarildo (E) e Washington correm há cerca de 35 anos | foto: Raimundo Mascarenhas

Conceição do Coité tem dois atletas que assim como Luiz da Bicicleta demonstram muito vigor físico e disposição. Amarildo Oliveira (Barrãozinho) e Washington Luiz (Fragú) já passaram dos 50 e mesmo assim são convidados para fazerem parte do elenco de corredores. Nenhum dos jovens que correram este ano era nascido quando Barrãozinho e Fragú iniciaram nos anos 80 do século passado. Roberto Reis (Teiuzinho) e Marcos Barros (Marcão) da mesma época abandonaram a corrida há alguns anos. Vale lembrar que professor Lelo Pereira também com mais de três décadas de fogo simbólico estava lá coordenando os atletas coiteenses.

Parte da equipe de coordenação do Fogo de Coité | Foto: Raimundo Mascarenhas

Parte da equipe de coordenação e corredores do Fogo de Coité | Foto: Raimundo Mascarenhas

Como acontece a Corrida do Fogo simbólico

Os atletas, a maioria estudantes da rede municipal seguem em dois veículos, um vai logo a frente deixado ao longo do asfalto com distância aproximada de 200 metros de um para o outro. Uma equipe no caso da cidade de Serrinha em carro aberto vai no apoio, é também responsável por toda logística.

Exemplo: os atletas de Queimadas receberam a tocha de Cansanção e ficam com a missão de levar até Santaluz no percurso de 40 km. Um atleta sai da cidade com a tocha enquanto os outros de carro, vão ser distribuídos ao longo da rodovia numa distancia aproximada de 200 metros de um para o outro.

Foto: arquivo

Foto: arquivo: a condutora já sabe o percurso que vaio fazer, pois já visualiza o atleta a quem vai entregar a tocha.Ela participa várias vezes do revezamento até o destino

Naquele momento outro veiculo segue vazio para recolher os atletas que vão cumprindo o percurso, ou seja,  a tocha vai fazer todo percurso de mão em mão até chegar o próximo destino.

A organização determina meta no percurso, exemplo; duas horas e meia de Coité a Serrinha, a grande maioria das vezes os atletas fazem em menor tempo e vibram quando Luiz da Bicicleta anuncia a chegada antes do tempo previsto.

Redação CN

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.