bahia

quinta-feira, 01 de setembro de 2016 23:11

Em lançamento de livro, montesantense com cabeça virada para trás dá exemplo de fé e superação

Claudio afirma que é uma pessoa muito feliz e vive a vida de forma normal. Ele já recebeu convites para fazer algumas cirurgias reparadoras, mas recusou

Cláudio tem realizado palestras motivacionais | Foto: Ed Santos

Cláudio tem realizado palestras motivacionais | Foto: Ed Santos

Claudio Vieira de Oliveira, de 40 anos, natural da cidade de Monte Santo, no sertão da Bahia, nasceu com as pernas atrofiadas e a cabeça para trás. Suas limitações físicas nunca o impediram de sonhar e alçar “voos”. As dificuldades lhe fizeram mais forte, mais resiliente e a sua experiência está registrada no livro “O mundo está ao contrário”, lançado na noite da última quarta-feira (31), no auditório da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FTC), em Feira de Santana.

Claudio já viajou pelo Brasil e vários países do mundo contando as suas histórias e vivências; inclusive já conheceu os papas João Paulo II e Francisco. Ele se considera uma pessoa equilibrada e madura e também muito consciente. Segundo Claudio, ele possui uma força inexplicável e tem uma vontade de vencer, sempre acreditando em Deus, no seu potencial, e que os sonhos podem se tornar realidade.

Claudio consegue escrever com a boca | Foto: Ed Santos

Claudio consegue escrever com a boca | Foto: Ed Santos

“Eu tenho muita fé em Deus. É importante ter fé, acreditar que é capaz, acreditar no próprio potencial e que os sonhos se transformam em realidade”, diz.

Claudio afirma ainda que é uma pessoa muito feliz e vive a vida de forma normal. Ele já recebeu convites para fazer algumas cirurgias reparadoras, mas recusou.

“Recebi convites para fazer cirurgias e não aceitei. Eu já tenho 40 anos e então depois disso me submeter a algo que não tenho cem por cento de certeza é como se fosse consertar algo e desconsertar outra em mim. Eu não tenho essa confiança e já que eu nasci dessa forma e creio eu que já tenho uma missão na Terra para passar a minha palavra, com certeza não é para eu aceitar esse desafio. Então eu sou feliz. Sou uma pessoa feliz como qualquer outra. Claro que existem momentos que a gente se chateaia ou fica até decepcionado, mas isso é normal em cada um de nós seres humanos”, acrescenta.

Mesmo com grande deficiência Claudio diz ser uma pessoa feliz | Foto: Ed Santos

Mesmo com grande deficiência Claudio diz ser uma pessoa feliz | Foto: Ed Santos

O baiano considera o seu livro como uma forma de superação de limites e estímulo às pessoas para conquistarem seus sonhos.

“O leitor vai encontrar muita coisa, inclusive solução para superar a vida e superar os limites que a vida proporcionar. Coisas que pessoas acham que não têm solução e não têm saída. No livro “O mundo está ao contrário tem toda a minha história”, finaliza.

Na sua fanpage Claudio também conta detalhes da sua vida e informa como as pessoas podem adquirir seu livro.

Rachel Pinto * Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: