araci

quinta-feira, 15 de setembro de 2016 21:49

Embasa descobre ligação clandestina de água em Araci

Fraude foi localizada em uma chácara, no Povoado do Fubá

Fraude foi descoberto e o proprietário terá que pagar o prejuízo

Fraude foi descoberto e o proprietário terá que pagar o prejuízo

Técnicos da Embasa identificaram uma ligação clandestina na rede distribuidora de água no Povoado do Fubá, zona rural de Araci, município do Território do Sisal. Os técnicos identificaram a irregularidade quando estavam realizando serviço de correção de vazamento em um imóvel vizinho e observaram que a chácara utilizava irrigação sem nenhuma supervisão e, ao checar as instalações, descobriram um by-pass, ou seja, a água era desviada antes de passar pelo hidrômetro, para evitar que o aparelho registrasse o real volume consumido.

A ligação clandestina foi retirada e o proprietário do imóvel terá que pagar o valor correspondente ao volume de água desviado, nos últimos 12 meses, somado ao custo da execução do serviço e à multa pela irregularidade. De acordo com o gerente do escritório da Embasa em Araci, Djalma Oliveira, a estimativa é que tenham sido desviados cerca de 330 mil litros cúbicos de água nesse período. “Irregularidades dessa natureza prejudicam o abastecimento de água da população que paga regularmente suas contas. Estamos intensificando o combate às fraudes de água no município e mostrando como é importante regularizar a situação junto à Embasa”, destaca o gerente.

Crime contra o patrimônio

A prática de furto de água é qualificada crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista na lei é reclusão de um a quatro anos e multa. Caso identifique ligações clandestinas de água, a população pode denunciar pelo telefone 0800 0555 195.



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: