brasil

sábado, 24 de setembro de 2016 00:23

PR: candidato a prefeito diz que vomitou com cheiro de pobre

Prefeito da cidade entre 1993 e 1997, o político do PMN é hoje líder disparado nas pesquisas.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

O candidato à Prefeitura de Curitiba Rafael Greca (PMN) deu uma declaração preconceituosa na última quinta-feira (22), durante sabatina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e do jornal “Bem Paraná”. Questionado sobre quais seriam suas propostas para a população em situação de  rua, ele disparou: “eu nunca cuidei dos pobres. Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que tentei carregar um pobre, e pôr dentro do meu carro, eu vomitei por causa do cheiro”.

Ao responder à pergunta de um professor da instituição, Greca começou falando sobre o Papa Francisco e o enfrentamento da crise. “Ela gera um risco muito grande, sobretudo para os mais pobres. Os governos têm que centrar a sua atenção no resgate social e no apoio aos mais pobres, para assim superarem a crise. Sua santidade fez um albergue semelhante à FAS SOS [programa da Fundação de Ação Social, entidade do município que faz a gestão da política de assistência], junto aos muros do Vaticano (…)”, destacou.

A fala que gerou repercussão veio logo após ele lembrar que coordenou, durante 20 anos, a Casa dos Pobres São João Batista, na capital paranaense. “Era um homem muito sujo. Quando cheguei no albergue, a freira me disse: ‘lavo o doutor primeiro ou ele?’ Bom, mas eu me ocupei muito do resgate social e aprendi, no resgate social, que tem que haver triagem”, prosseguiu. Entre as iniciativas do candidato estariam a criação de “centros de estabilização para narcodependentes e psicóticos” e a abertura, “com a ajuda das igrejas e de quem queira ajudar – até dos ateus, se houver ateus em favor da humanidade”, de comunidades terapêuticas.

Ainda segundo Greca, o público-alvo inclui gente “despossuída, que só tem vergonha de voltar para casa e [que] se tiver uma boa roupa e uma carteira de identidade, volta”. “Há gente que veio trazer a mãe para o Hospital do Câncer e daí a mãe morreu, e tem vergonha de enfrentar a família (…), há gente que cai nas garras de um gigolô, de uma prostituta perversa ou de um travesti malvado e fica também sem autoestima; há gente que cai nas mãos de traficante de drogas e vira aviãozinho, e há gente que é simplesmente desregrado, é uma pessoa com surto psicótico, que precisa de socorro médico. Tudo isso pede socorro social ou triagem”, defendeu.

Prefeito da cidade entre 1993 e 1997, o político do PMN é hoje líder disparado nas pesquisas. A última, do Ibope, encomendada pela RPC TV, o mostrou com 45% das intenção de votos, sendo 52% dos votos válidos (excluindo brancos e nulos), o que o deixa perto de vencer já no primeiro turno. Na sondagem anterior, ele aparecia com 28%. O atual prefeito da capital, Gustavo Fruet (PDT), vem em segundo lugar, com 16%, seguido de Requião Filho (PMDB), com 8%, e Ney Leprevost (PSD) e Maria Victoria (PP), com 6%. Já Tadeu Veneri (PT) tem 4%. Ademar Pereira (PROS) e Xênia Mello (PSOL), por sua vez, somam 1% cada.

Outro lado

Procurada nesta sexta-feira (23) pelo Terra, a assessoria de imprensa de Greca enviou uma nota na qual ele pede perdão pelas palavras. “Não tive a capacidade de explicar a dificuldade que vivi ao tentar realizar o trabalho de resgate social na minha juventude. Mais uma vez, descontextualizam o que falo para tentar enganar as pessoas. Ontem, durante a Sabatina na PUC, ao exaltar o difícil trabalho dos educadores sociais e das irmãs de caridade, comentei sobre o quão difícil é essa missão. Com sinceridade disse que não tenho a capacidade desses profissionais para o resgate, mas que acima de tudo, admiro, respeito, faço e farei o possível e impossível para mudar o quadro de abandono nas ruas. Peço que me perdoem pela falta de clareza do discurso. Não me interpretem mal.”

Terra



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: