brasil

terça-feira, 06 de setembro de 2016 16:55

SP: duas crianças morrem atropeladas por caminhão de campanha eleitoral

Meninos, de 10 e 11 anos, andavam de bicicletas quando foram atingidos.

acidente_paranapanema_2

Duas crianças morreram atropeladas por um caminhão de som usado para campanha eleitoral nesta terça-feira (6), no bairro CDHU, em Paranapanema (SP). Segundo a Polícia Militar, as vítimas são dois meninos, de 10 e 11 anos. Ainda de acordo com a PM, o caminhão foi contratado para fazer a campanha eleitoral do prefeito e candidato à reeleição Antonio Nakayoshi (PV), mas não há informações se o veículo realizava campanha no momento do acidente.

Segundo o delegado Roberto Theodoro de Oliveira, o acidente aconteceu por volta das 11h30. “O motorista trafegava pela avenida Pedro de Moraes Rosa quando, ao virar à direita na Rua José Antunes Paes Sobrinho, atropelou as crianças que estavam em bicicletas. Devido ao impacto, os meninos não resistiram aos ferimentos e morreram na hora. A perícia técnica foi acionada e foi até o local”, afirma o delegado.

De acordo com o delegado, os corpos dos meninos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Avaré (SP). O caminhoneiro de 58 anos foi socorrido e encaminhado ao Hospital Leornado Van Melis com ferimentos leves.

Ainda segundo o delegado, o caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. “Ele vai responder ao inquérito em liberdade. Seria eventualmente indiciado por morte dolosa, quando há a intenção, se estivesse embriagado ou tivesse atropelado as crianças propositalmente, o que não é o caso. Sobre o fato de ser um caminhão de som para a campanha de um candidato, isto não é relevante para a investigação. Ele tinha todos os documentos pessoais e do caminhão em dia”, explica o delegado.

G1.com



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.