cultura

terça-feira, 20 de setembro de 2016 09:53

Última chamada do Edital de Mobilidade 2016 seleciona 15 projetos

SecultBA recebeu um total de 107 propostas de residência, intercâmbio e difusão cultural com atividades entre fevereiro a abril de 2017

Foto: Divulgação|Secult

Foto: Divulgação|Secult

A terceira chamada do Edital de Mobilidade Artístico-Cultural 2016 da Secretaria da Cultura da Bahia (SecultBA) teve 15 propostas pré-selecionadas, envolvendo um total de R$ 252, 6 mil em recursos. A seleção contemplou projetos dos territórios de identidade da Região Metropolitana do Salvador, Piemonte Norte do Itapicuru, Portal do Sertão e Sisal. Os proponentes estão sendo convocados para apresentação da documentação e posterior assinatura do Termo de Acordo e Compromisso (TAC).

Para esta etapa, foram apresentadas 107 propostas, com 49 delas sendo inscritas. Os projetos foram apresentados entre os dias 11/07 e 09/08 e contemplam atividades a serem realizadas no período de fevereiro a abril de 2017. O edital de Mobilidade Artístico-Cultural é uma das linhas do Fundo de Cultura e tem como objetivo financiar iniciativas de residência, formação, intercâmbio e difusão cultural, dentro do Brasil e no exterior, divulgando a cena cultural da Bahia. Duas outras chamadas contemplaram projetos com execução prevista para o período entre Agosto de 2016 e Janeiro de 2017.

Das 15 propostas pré-selecionadas, 4 contemplam a área de Música. Artes Visuais, Dança e Teatro tiveram 2, cada uma, com as áreas de Circo, Cultura Digital, Cultura Popular, Patrimônio Imaterial e Literatura completando a seleção. Entre as categorias, cinco foram para Residência Artística, oito para Intercâmbio e Difusão e duas para Formação Artística. O resultado está publicado no Diário Oficial do dia 20/09 (terça-feira) e nos sites da SecultBA e do Sistema de Informações e Indicadores da Cultura (Siic).

Segundo o superintendente de Promoção Cultural, Alexandre Simões, o edital, uma das linhas do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, tem o papel de incentivar e apoiar as iniciativas de agentes culturais para formação e difusão cultural, fomentando a cadeia produtiva das artes. “Esse intercâmbio, seja no âmbito nacional, como internacional, permite a troca de experiências nas diversas linguagens da cultura, qualificando artistas e divulgando o que se faz de bom na Bahia”.

Simões explica que as propostas são avaliadas de acordo com a capacidade de execução e o edital tem o papel de apoiar o trabalho de artistas e grupos culturais tanto em estudos, quanto em apresentações fora do Estado. “A ideia é promover o diálogo intercultural e investir na profissionalização de agentes”.

A SecultBA proporciona atendimento através da Central de Atendimento Integrado para orientar interessados e proponentes. A Central funciona de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h, através do telefone (71) 3103 3489, e¬mail [email protected] ou presencialmente, no endereço Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n, térreo – Centro, CEP: 40.020-¬010 – Salvador/Bahia.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais.

Fonte: Assessoria de Comunicação – SecultBA



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.