bahia

quinta-feira, 13 de outubro de 2016 15:58

Coité – FARESI cria alternativas para atrair estudantes após crise no FIES

A faculdade irá colocar em pratica a dinâmica para que “em tempo de crise, corte o ‘s’". Crie

faresi

A FARESI realizará seu segundo vestibular em 27 de novembro próximo | Foto: Raimundo Mascarenhas

A Faculdade da Região Sisaleira – FARESI, em Conceição do Coité, como medida imediata para amenizar a crise econômica, apresenta para os alunos que pretendem alcançar a formação superior nos cursos de Nutrição, Enfermagem, Engenharia Civil e Engenharia de Produção, resolve conceder aos vinte primeiros classificados no vestibular que ocorrerá em 27 de novembro deste ano,  desconto de 40% nas mensalidades, até o estudante concluir o curso, também irá oficializar o Programa de Financiamento Interno – CREDFARESI, que permite ao estudante matriculado pagar mensalidades a partir de R$465,00.

David na abertura da Aula Magna | Foto: Raimundo Mascarenhas

David na abertura da Aula Magna | Foto: Raimundo Mascarenhas

“É incontestável a crise econômica instalada no país, mas, ainda assim, enquanto instituição de ensino, devemos buscar alternativas para o cumprimento de nossa missão e objetivos institucionais, que são a inclusão de jovens e adultos da região Sisaleira no Ensino Superior”, afirma David Macedo, diretor Executivo da Faresi.

Ainda de acordo com o diretor, o financiamento estudantil não escapou da crise. Em 2015, ainda no Governo de Dilma Rousseff, teve corte no orçamento, aumento das taxas de juros e mais exigências aos estudantes.

Estudantes conhecem um dos laboratórios | Foto: coordenação Faresi

Estudantes conhecendo um dos laboratórios | Foto: coordenação Faresi

“A FARESI está empenhada em criar condições para que os jovens e adultos da Região Sisaleira, não deixem de realizar seus sonhos por motivos financeiros. Esperamos com essas medidas, estar também ao alcance de todos com a qualidade que o MEC nos conferiu: conceito 4”. Ressalta David

Segundo o Ministério da Educação – MEC, de um total de 700 mil novos contratos em 2014, o número caiu para menos de 300 mil em 2015, e ainda não atingiu 200 mil em 2016, fato preocupante na avaliação de Sólon Caldas, diretor executivo da Associação Brasileira de Mantenedores de Ensino Superior – ABMES

David afirma que a Faresi terá um FIES proprio

David afirma que a Faresi terá um FIES próprio

Os jovens e adultos que estão pensando em estudar em uma faculdade fora da região, como Feira de Santana e Salvador, somente por conta do FIES ou outros planos do governo, poderão se utilizar das vantagens que a FARESI oferece, pois, mesmo que estes planos sejam afetados pela crise econômica, na Faresi isto não será um impedimento. “Estaremos garantindo um plano de financiamento próprio, o CREDFARESI, de forma a facilitar a inserção de jovens e adultos em uma faculdade de qualidade, com ótimos cursos, corpo docente bastante qualificado, muito bem conceituada pelo MEC e pelos atuais alunos. Obviamente que continuaremos disponibilizando os planos que forem ofertados pelo Governo Federal como: PROUNI e FIES, não nos limitando, porém, a eles. Além de tudo isto, ofereceremos bolsas de 40% para os 20 primeiros colocados no vestibular.”, complementa Macedo.

As inscrições para o Vestibular encontram-se abertas e a prova será realizada no dia 27 de Novembro de 2016. Maiores informações podem ser obtidas pelo site www.faresi.edu.br, ou pelos telefones: 75-3262-3604 ou 3262-1677

outdoor-outubro-2016

30 – 05- 2016 – Coité: abertas as inscrições para o Vestibular 2016 da FARESI

26 – 07 – 2016 – Com objetivo de graduar novos profissionais, FARESI inicia às aulas em Conceição do Coité

18 – 08 – 2016 – Coité – Aula Magna abre Semestre Letivo da FARESI com grande presença de público

 



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.