bahia

domingo, 09 de outubro de 2016 12:55

Entre os seis partidos que disputaram pela primeira vez eleição municipal, o Solidariedade foi o que mais cresceu; afirma Luciano Araújo

Somente para vereador foram 226 mil votos, elegendo noventa parlamentares

Luciano Araújo é presidente estadual do Solidariedade e tesoureiro do partido no Brasil | Foto: Raimundo Mascarenhas

Luciano Araújo é presidente estadual do Solidariedade e tesoureiro do partido no Brasil | Foto: Raimundo Mascarenhas

Entre os partidos que participaram pela primeira vez do processo eleitoral municipal e com apenas três anos de fundado, o Solidariedade foi à legenda de maior destaque em nível nacional, tendo conquistado 62 prefeitos, 133 vices, além de 1.403 vereadores, segundo dados divulgados no site G1. Na Bahia, a legenda obteve 226 mil votos para vereador, elegendo 90 candidatos, ao cargo de prefeito elegeu em Ubaíra, município localizado no Vale do Jiquiriçá, Fred Muniz Barreto Andrade, e ao cargo de vice elegeu em Dom Macedo Costa (Senhorzinho), Mascote (Cândido), Nova Fátima (Assis), Santa Terezinha (Alex Sandro – Lenga), São Domingos (Fabinho) e São Miguel das Matas Val Big da Saúde.

Luciano disse que os resultados foram satisfatórios, já que pela primeira vez participou das eleições municipais | Foto: Raimundo Mascarenhas

Luciano disse que os resultados foram satisfatórios, já que pela primeira vez participou das eleições municipais | Foto: Raimundo Mascarenhas

Esses resultados eleitorais deixaram o presidente estadual do partido, Luciano Araújo muito satisfeito e encorajado para continuar a luta de fortalecimento do partido e alcançar os 417 municípios do estado até 2018, quando acontecerão as eleições para presidente, senador, governador, deputado federal e estadual. Na eleição do último dia 02 o partido participou do processo eleitoral em 250 municípios no estado. Araújo pretende sair candidato a deputado federal e lançar o máximo de candidatos a deputados, tanto federal como estadual. “No momento não pretendemos coligar com nenhum partido. Mas vamos ver o que vai acontecer”, falou o presidente.

Solidariedade em Serrinha teve comitê próprio | Foto: Raimundo Mascarenhas

Solidariedade em Serrinha teve comitê próprio | Foto: Raimundo Mascarenhas

As principais bases eleitorais de Luciano ficam nos territórios do sisal e Jacuípe, o partido está presente em 08, dos 20 do sisal e em 09 dos 14 municípios do território do Jacuípe. A legenda obteve 12.747 votos no território do sisal e 07 vereadores, sendo Ivaldo Araújo, atual presidente da Câmara de vereadores de Conceição do Coité (1.063 votos), Cesar Rios (Valente – 762 votos), Jonas Trindade (Itiúba – 1.095 votos), Pedro Almeida (Monte Santo – 965 votos), Ernesto Santana (Monte Santo – 815 votos), Sargento Jean (Serrinha – 769 votos) e Laedson Santiago (Serrinha – 679 votos).

Luciano Araújo ao lado da chapa vitoriosa de Nova Fátima na Bacia do Jacuípe | Foto: Raimundo Mascarenhas

Luciano Araújo ao lado da chapa vitoriosa de Nova Fátima na Bacia do Jacuípe, Adriano e Assis | Foto: Raimundo Mascarenhas

Nos 14 municípios do território do Jacuípe, o SD reelegeu em Nova Fátima José de Assis de Oliveira Porto, mais conhecido por Assis Porto, que foi eleito em 2012 vice-prefeito de Amado Moreira da Cunha (PR) e migrou para o SD e compôs a chapa com o progressista Adriano Pereira (PR), vencendo o pleito com 50,95% dos votos válidos. Presente em 09 municípios, o SD obteve 5.203 votos e elegeu Beto de Eny, o mais votado em Riachão do Jacuípe (1.119 votos) e Saulo Rios, também o mais votado em Nova Fátima. Zé Herculano foi o segundo mais votado em São José do Jacuípe (459 votos) e Joao Humberto Felix de Souza Junior, conhecido por Joaozinho de Dalva, vereador eleito pelo município de Nova Fátima em 2012 pelo PR, partido onde está filiado o prefeito Amado Cunha e migrou para o SD, entretanto não acompanhou a orientação da legenda e fez uma campanha “sem palanque” e conseguiu 428 votos, ficando na quinta posição dentre os eleitos.

“Nos preocupamos nesta eleição em levar o partido a maior quantidade de municípios possível, afinal estávamos nos preparando para nossa primeira eleição municipal e o objetivo foi alcançado. Agora, até o final do ano, vamos centrar nossa força nestes dois territórios onde conhecemos muito bem, e de janeiro em diante ajudar nos mandatos dos vereadores e conquistar mais prefeitos para chegarmos forte em 2018”, afirmou Luciano Araújo.

Grande Destaque foi em Presidente Tancredo Neves

Luciano ao lado do presidente do SD municipal de Tancredo Neves

Luciano ao lado do presidente do SD municipal de Tancredo Neves

Município localizado no território do Baixo Sul foi o destaque nesta eleição e conseguiu eleger quatro vereadores, ou seja, Marivaldo José dos Santos, o segundo mais votado entre os eleitos com 866 votos e Sandra Barreto, a terceira com 737 votos, Fábio dos Santos, mais conhecido com Bidola Mecânico, em quinto lugar com 473 votos e Francisco Celestino (Xiola), o penúltimo com 473 votos.

O SD lançou em Presidente Tancredo Neves 20 candidatos a vereador e juntos obtiveram 5.203 votos. Na avaliação de Luciano, o SD saiu bem em Salvador onde obteve 79.409 votos e conseguiu reeleger o vereador Geraldo Junior. Em Feira de Santana, obteve 12.761 votos, Itabuna (4.092), Alagoinhas (2.352).

Paulinho da Força presidente nacional do SD recebeu titulo de cidadão soteropolitano do vereador Geraldo Junior em Salvador

Paulinho da Força presidente nacional do SD recebeu titulo de cidadão soteropolitano do vereador Geraldo Junior em Salvador | Foto: Raimundo Mascarenhas

O SD apresentou para candidato prefeito em Juazeiro Joseph Bandeira, ex-petista e obteve 43.734 votos, ficando em segundo lugar com 1% atrás de Paulo Bonfim, vencedor do pleito. Segundo Luciano Araújo, sua filiação foi no “apagar das luzes” do prazo para filiação e apresentou apenas uma candidata a vereadora, mas, assim mesmo obteve 1.797 votos de legenda. “O crescimento foi muito bom”, concluiu.

O presidente nacional do SD, deputado federal Paulinho da Força, as eleições municipais serviram como termômetro para avaliar onde de fato o partido cresceu e quais os estados ainda precisam ser melhorado para atingir a meta em 2018, que é eleger 7% das cadeiras da Câmara dos Deputados.

Observação importante

Na Bahia, o Solidariedade está presente em 300 municípios, mas 50 deles não apesentaram candidatos. Além do Solidariedade, outros cincos partidos (Pros, PEN, Rede, PMB e Novo) concorreram pela primeira vez às eleições municipais deste ano e juntos elegeram 137 prefeitos e 3.289 vereadores.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.