educacao

quarta-feira, 19 de outubro de 2016 15:45

MEC libera locais de prova do Enem 2016

Cartão de confirmação já pode ser consultado pelo site oficial do exame. Neste ano, o Inep também permite a consulta pelo aplicativo do Enem.

enem2016

O Ministério da Educação liberou, na tarde desta quarta-feira (19), a consulta aos locais de prova da edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos e candidatas já podem consultar, pelo site http://enem.inep.gov.br/participante/, seu cartão de confirmação, para saber qual é o endereço em que farão as provas.

 Em entrevista coletiva, na tarde desta quarta, o ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que há 181 escolas listadas como locais de prova do Enem e que, atualmente, estão ocupadas por estudantes secundaristas, em protestos contra a reforma do ensino médio e a PEC 241. O ministro ameaçou cancelar o Enem nessas escolas, caso elas não sejam desocupadas até 31 de outubro. De acordo com o governo federal, essas 181 escolas estão em 82 cidades de 11 estados brasileiros, e 95 candidatos inscritos no Enem podem ser afetados pelos protestos.
“Se por ventura, não estiverem desocupadas, podemos comprometer a segurança das provas naquela localidade específica. Até o dia 31, vamos aguardar e avaliar, a partir dos relatórios do Inep. Espero que o bom-senso prevaleça e as pessoas tenham a sensibilidade”, disse Mendonça Filho, ministro da Educação.

Neste ano, uma novidade é que o cartão do Enem também será possível checar o endereço da prova pelo aplicativo oficial do MEC, disponível gratuitamente para iOS, Android e Windows Phone. O cartão de confirmação do Enem também será enviado por e-mail e SMS – serão usados os dados indicados pelos candidatos no sistema do exame.

Em alguns cartões espalhados pelo país, os alunos poderão encontrar a informação “Aguarde a confirmação do seu local de prova. Efetue nova consulta nos próximos dias”. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), isso significa que o estabelecimento previsto foi comprometido por reformas ou circunstâncias naturais.

Nestes casos, a organização do Enem afirma que o dado será atualizado nos próximos dias, com a realocação dos alunos. A presidente do Inep, Maria Inês Fini, informou que duas escolas em Alagoas, por exemplo, já tinham sido descartadas até esta quarta em razão das chuvas.

Entenda o cartão de confirmação

  • Como ele será acessado? O Enem 2016 tem 8.627.195 candidatos inscritos. Nenhum deles receberá o cartão pelos Correios – ele será enviado por e-mail e SMS, e poderá ser consultado pelo site do Enem, ou pelo app oficial.
  • É obrigatório levar o cartão impresso no dia do Enem? Não. Os únicos materiais obrigatórios no dia do Enem são o documento com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Ainda assim, o Inep recomenda que o aluno leve o documento, já que ele tem todas as informações importantes para cada candidato.
  • O que diz o cartão? A principal informação contida no cartão é o endereço exato em que cada participante fará o Enem. Há três campos que devem ser observado: o primeiro é o local de realização do exame, que diz respeito ao nome da instituição que servirá de local de provas nos dias 5 e 6 de novembro. A segunda informação é o endereço desta instituição. Por fim, a terceira informação importante para os candidatos se localizarem é o número da sala em que eles farão as provas.
  • Que outros dados estão no cartão? Além do local de provas, é no cartão de confirmação que os candidatos poderão checar os outros detalhes de sua inscrição, como, por exemplo, a língua estrangeira escolhida (inglês ou espanhol), e se o candidato receberá algum tipo de atendimento especial (como prova ampliada, para pessoas com baixa visão) ou específico (como fazer a prova após o pôr-do-sol no sábado, no caso dos sabatistas, ou usar um nome social, no caso dos candidatos e canditadas transexuais e travestis).

G1.com



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.