eleicoes2016

segunda-feira, 10 de outubro de 2016 21:11

‘Pulo certo’: vice prefeito de Pintadas e de Nova Fátima vão para oposição e se reelegem

Pular de um lado para outro é motivo de festa quando se refere a um eleitor, imagina quando isso ocorre com um vice-prefeito

Carlos pode dizer que conhece os dois grupos

Carlos pode dizer que conhece os dois grupos

O atual vice-prefeito de Pintadas é o pedagogo Carlos Alberto da Silva Almeida,43 anos, eleito juntamente com Enivaldo Curujão (PT), para administrar Pintadas, um dos 14 municípios que compõe o território da Bacia do Jacuípe na eleição de 2012, mas nos últimos anos, o vice se afastou de gestão, (o CN não sabe o motivo) e passou a ser assediado politicamente pelo grupo da oposição, que não sabe o que é governar o município desde o século passado. O PT está desde janeiro de 1997 no poder, como dois mandatos de Neusa Cadore, que concorria ao terceiro, dois de Valcyr Rios, e o atual de “Curujão”, mas Carlos Alberto (PSB) vai continuar sem derrota, pois aceitou a proposta de ser vice de Batista da Farmácia (DEM) contribuiu para quebrar a maior hegemonia de gestão de um partido nas últimas décadas.Na Bahia além de Pintadas está Vitória da Conquista, também com cinco gestões petistas seguidas e tenta a sexta com José Raimundo que vai enfrentar Herzem Gusmão (PMDB) no segundo turno.

A eleição em Pintadas foi bem disputada, Batista da Farmácia venceu com a frente de apenas 130 votos. Ele obteve 3.470 votos (50,95%) contra 3.340 (49,05%) de Neusa Cadore que começou a gestão petista no município, na época Lula esteve na cidade para gravar propaganda eleitoral, pois eram poucas no Brasil.

Assis disse que foi injustiçado no grupo onde se tornou político

Assis disse que foi injustiçado no grupo onde se tornou político

Em Nova Fátima também na Bacia do Jacuípe, distante 50 km de Pintadas, aconteceu algo semelhante, não com gestão de um partido por vários mandatos, mas pela coragem de Assis Porto que politicamente sempre defendeu a bandeira de Amado Cunha (PR) de quem esteve ao lado em 2012 pelo mesmo partido e saíram vencedores.Este ano, Assis sonhou encabeçar a chapa, mas disse não ter encontrado oportunidade e assim como fez Carlos Alberto em Pintadas, resolveu sair vice pela oposição, mas não aceitou sair na vice de Amado novamente. Assis se filiou ao Solidariedade e se uniu ao vereador Adriano (PP) candidato a prefeito e conseguiram derrotar o atual prefeito, com a frente de apenas 120 votos. Adriano obteve 3.204 votos (50,95%) enquanto Amado Cunha ficou com 3.084 (49,05%).

Bem pertinho deles, principalmente de Assis, aconteceu a mesma coisa com Eduardo Cedraz eleito vice-prefeito de Ubaldino Amaral em 2008, na cidade de Valente. Ele não concluiu o mandato ao lado de Ubaldino e na campanha seguinte (2012) estava candidato a vice de Ismael Ferreira (PT) e mais uma vez saiu vitorioso.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.

%d blogueiros gostam disto: