politica

terça-feira, 25 de outubro de 2016 23:28

Retirolândia – Sandro da Vargem afirma que quer ser presidente da Câmara

Sandro já foi vereador em duas oportunidades, mas estava afastado porque em 2012 concorreu a vice-prefeito e não se elegeu, no último pleito concorreu mais uma vez a uma vaga e saiu vitorioso como o vereador mais bem votado.

Vereador terminou uma campanha e já começou outra, agora para presidência

Vereador terminou uma campanha e já começou outra, agora para presidência | Foto: Facebook

Passado o período eleitoral e das prestações de contas das eleições, os nove vereadores, sendo quatro reeleitos, um retorno e quatro novos, que irão compor a Câmara de Retirolândia, município localizado no território do sisal, para a 2017/2020), começam a se movimentar para escolha da mesa diretora para o primeiro biênio. O primeiro a demonstrar interesse foi o vereador Elisandro Silva Moreira, mais conhecido por Sandro da Vargem, filiado ao PSD e o mais votado no pleito de outubro, quando obteve 802 votos, correspondente a 8,21% os votos válidos.

Afastado há quatro anos da Câmara, Sandro da Vargem foi eleito pela primeira vez em 2004 com 466 votos, ficando em terceiro lugar entre os eleitos e 2008 foi reeleito com 529, ficando na segunda posição. Em 2012, filiado ao PP, concorreu a vice-prefeito na chapa encabeçada por José Albérico Silva Moreira, “Bequinho”, que disputava a reeleição, mais não obteve êxito.

Sandro falou ao CN que recebeu um convite do prefeito eleito Vonte do Merim (PSC) para assumir a Secretária de Saúde, mas agradeceu e confessou que seu desejo é presidir o poder legislativo e tem conversado com seus colegas neste sentido. Em 2008, na gestão do então prefeito Adevaldo Martins, Sandro se afastou da Câmara e assumiu a Secretária de Saúde dando lugar para o ex-prefeito Antonio Luiz de Lima (Thonizo), que havia disputado uma vaga para vereador e ficou na primeira suplência. “A experiência não foi boa e fui tratado pelo prefeito da época como menino de recado e isso não me traz boas lembranças”, falou o Social Democrata.

Juntamente o advogado Aquiles Nereu da Silva Lima (PSC) e Jose Egnildo dos Santos (PCdoB – Guene do Contador), Sandro foi eleito pela coligação PMDB, PSC, PCdoB e PSD. O PT e PP, também formaram uma coligação e conseguiram eleger Nayara de Dió, Beto do Ônibus e as duas coligações apoiaram o Social Cristão Vonte do Merim que foi eleito com 53,52% dos votos válidos e com folga na Câmara.

Sandro disse que espera contar com a compressão dos companheiros de grupo e justifica ser apoiado levando em consideração que Beto e Guene já foram presidentes, Aquiles já faz parte do partido que indicou o nome para prefeito, os demais estão começando agora e há tempo para todos, enquanto que ele, trás a experiência e saberá prestigiar a todos. Certo que será eleito, Sandro que retornar as sessões itinerantes, criar a rádio web para retransmissão das sessões e transmissão ao vivo de todos os atos do legislativo.

Ele disse também que vem conversando com vereadores da oposição, mas não fechou com ninguém. “Minha ideia é conversar com todos e dentro do possível formar uma unidade em torno de um projeto que coloque a Câmara mais perto do povo e que os vereadores sejam valorizados e respeitados”, falou.

Garante que fará tudo para aproximar o poder legislativo do povo e valorizar a figura do vereador, personagem mais importante da política, pois é a porta que um cidadão e uma cidadã bate primeiro”, ressaltou Sandro.

Sobre o resultado da eleição, ele disse que ficou satisfeito, principalmente com o resultado das urnas do entorno da Vargem Grande, seu principal reduto, onde Vonte ganhou com 160 votos de frente.

Redação CN



COMENTÁRIOS

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, desta forma não representa a opinião do Calila Noticias. Contamos com o bom senso e educação dos nossos internautas. O Calila Noticia, poderá remover sem aviso prévio qualquer comentário que seja considerado ofensivo e contenha palavras de baixo calão.